Notas frias da gráfica fantasma para Charles e Edinho

O Estadão reproduziu o depoimento de Fernando Baiano sobre a gráfica fantasma que emitiu notas frias para a campanha de Dilma Rousseff e que foi identificada como a VTPB:

“No Complexo Médico-Penal de Pinhais, o declarante (Fernando Baiano) ouviu uma conversa entre Vaccari e André Vargas em que ambos tratavam de uma recente reportagem relativa a uma gráfica que teria emitido notas frias para a campanha presidencial de Dilma Rousseff de 2014.

Eles (Vaccari e Vargas) citaram os nomes de Edinho Silva e Charles como pessoas responsáveis pela coordenação da área de impressão de material de campanha”.

Fernando Baiano perguntou a Vaccari se “esse Charles trabalhava com Palocci”.

“Vaccari disse que Charles era assessor de Palocci e que ele (Charles) havia trabalhado com Edinho Silva na campanha presidencial de Dilma Rousseff de 2014”.