​Notícias do cárcere

Lauro Jardim mostra como a prisão mudou as perspectivas e prioridades de Eduardo Cunha.

Ele deixou de lado o “livro do impeachment”, para se concentrar na sua defesa.

Deixou de lado também a ambição de levantar 1 milhão de reais em adiantamento: se contentaria com R$ 300 mil.

Faça o primeiro comentário