Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Pela segunda vez, prefeito de Cuiabá é afastado

O juiz Bruno D’Oliveira Marques atendeu a um pedido do MPE; Emanuel Pinheiro é acusado de criar um "cabide de empregos" na Secretaria Municipal de Saúde
Pela segunda vez, prefeito de Cuiabá é afastado
Reprodução/Facebook/Emanuel Pinheiro

O juiz Bruno D’Oliveira Marques, da Vara Especializada em Ação Civil Pública e Ação Popular de Cuiabá, determinou um novo afastamento do prefeito Emanuel Pinheiro (foto) por 90 dias.

O magistrado atendeu a um pedido do Ministério Público Estadual (MPE) no âmbito de uma ação civil pública por improbidade administrativa.

É a segunda vez que ordenam o afastamento do emedebista em pouco mais de uma semana. No último dia 19, o desembargador Luiz Ferreira da Silva, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, determinou a medida no âmbito de uma ação criminal.

Emanuel Pinheiro é acusado de criar um “cabide de empregos” na Secretaria Municipal de Saúde para acomodar indicações de aliados em troca de apoio político. O MPE diz que, mesmo afastado, o prefeito continuou praticando as ações.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....