A nova regra para voos de autoridades em classe executiva

O governo federal prepara um decreto que prevê a possibilidade de compra de passagens aéreas em classe executiva, em viagem ao exterior, para os ocupantes dos seguintes cargos, segundo a Folha:

– Presidente e vice-presidente da República;

– Ministros, secretários-executivos e secretários-gerais dos Ministérios;

– Comandantes do Exército, da Marinha e da Aeronáutica e o chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas.

“A regra, porém, só se aplica àqueles que tenham 65 anos ou mais e em viagens que duram mais de oito horas.

A permissão busca resolver um impasse entre dois entendimentos recentes, um mais restritivo e outro mais permissivo, sobre a questão.

O texto aguarda análise da Casa Civil antes de ser publicado no ‘Diário Oficial’ da União. A expectativa é que entre em vigor nesta semana.”

Temas relacionados:

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Sempre se acham uma casta diferenciada superior ao povo que pagam seus alto salários. Esse é um passo para membros do judiciário e legislativo pedirem equiparação porque sabem que o povo tá louco para jogar tomates e dizer aquilo que eles não querem ouvir no local público ideal. Vão querer daqui a pouco criar aeroporto exclusivo.

Ler mais 28 comentários
  1. Sempre se acham uma casta diferenciada superior ao povo que pagam seus alto salários. Esse é um passo para membros do judiciário e legislativo pedirem equiparação porque sabem que o povo tá louco para jogar tomates e dizer aquilo que eles não querem ouvir no local público ideal. Vão querer daqui a pouco criar aeroporto exclusivo.

  2. Pra mim tem que ser em primeira classe, porque na executiva ou na econômica o povo acaba identificando eles e os enchendo de porrada. Isto hoje, porque amanhã podem até sofrer agressões maiores e quem sabe antecipem o encontro com Jesus ou com o Satanás pelo que têm feito pelo país.

  3. O Cameron, quando era primeiro-ministro da Inglaterra, só viajava de classe turística. Os mocorongos que se acham “otoridades” no Brasil, querem encher os cornos e o couro de cachaça na 1ª classe, pois estão a kagar para o país. É a classe ralé viajando de primeira-classe.

  4. Também deve-se primeiramente verificar se a viagem é de fato necessária e se o agente público tem condições de comunicação na língua estrangeira, nos caso de falta de intérprete, e de apreensão do assunto envolvido.

  5. E AS AMANTES NÃO VÃO SER BENEFICIADAS, O FILHO, A FILHA, O NETO A MAE 65 ANOS O CARA JA DEVE ESTAR DE PIJAMA.,PRA NÃI FICAR IGUAL O PRESIDENTE SÓ GOVERNA NA BASE DE TROCA O MAIOR ESCAMBO, QUEM TEM VOTO PRA VENDER

  6. Reclamação pra lá. ..reclamação pra cá. …gente, basta usar a maior arma que temos em nossas mãos. …..o VOTO, pra acabar com esses vermes é simples, vota certo…..e se não prestar tira, com voto em outro, até acertarmos……!

  7. Passou da hora ,a maioria de nós, pagadores de impostos, viajamos na classe comercial por nos faltar condições de bancar até 7 vezes e meia a passagem na classe executiva.
    Os agentes públicos , os privilegiados ,com suas mordomias extorsivas enquanto isso, voam mundo afora na classe executiva bancados por nós .
    É um contra senso.
    Passou da hora de se moralizar esse procedimento e tratar o contribuinte com o devido respeito.
    Queremos um país decente.

  8. OSMAR PRADO, FÁBIO ASSUNÇÃO e TÁSSIA CAMARGO fazem PACTO DE SUICÍDIO em uma eventual condenação de LULA no dia 24/01. DESESPERADOS, amigos dos artistas procuram ajuda nas redes sociais para evitar uma tragédia.