Novas suspeitas de omissões em delação de Joesley

Procuradores da força-tarefa da Greenfield detectaram novas suspeitas de possíveis omissões de Joesley Batista em seu acordo de delação premiada, diz O Globo.

Na semana passada, a força-tarefa enviou um ofício à PGR apontando quais seriam essas inconsistências na delação.

Segundo a publicação, o primeiro caso envolve a captação de R$ 550 milhões dos fundos de pensão da Caixa (Funcef) e da Petrobras (Petros) para a empresa Eldorado Celulose, um dos braços do grupo J&F. Catorze pessoas foram denunciadas pela Greenfield neste caso.

De acordo com os procuradores, Joesley admitiu o pagamento de propina a dirigentes dos fundos de pensão, mas não uma possível fraude na avaliação do valor da Eldorado Celulose.

Um segundo ponto — este ainda não levado à PGR — trata de divergências entre as delações de Joesley e Antonio Palocci.

Atualização:

A defesa de Joesley Batista encaminhou a seguinte nota a O Antagonista:

A defesa do empresário Joesley Batista rechaça qualquer acusação ou insinuação de omissão em seus relatos feitos ao Ministério Público Federal. O que era de seu conhecimento foi trazido nas dezenas de anexos, centenas de documentos, nos depoimentos e termos de declaração entregues às autoridades em 2017, e nos mais de 50 outros depoimentos já prestados em investigações abertas em decorrência de sua colaboração com a Justiça.

O colaborador não pode inventar versões para satisfazer uma tese acusatória. Colaborador colabora. Investigador é quem investiga. É de se reconhecer que a Greenfield tenha, a partir dos relatos feitos por Joesley Batista, chegado a novas informações, mas é inacreditável, inaceitável e desleal que se usem essas novas informações contra ele, que contribuiu para que o MPF chegasse até elas. O que se vê, portanto é um esforço para se anular todas as provas produzidas e trazidas na colaboração.

Ainda assim, cabe reiterar que:

1) O investimento na Eldorado tanto se mostrou acertado para os fundos que ambos obtiveram lucro de 144,6%, “acima da meta atuarial”, conforme demonstra trecho do Relatório Anual de Informações de 2017 da própria Funcef. Ainda assim, foi acertado um pagamento de R$ 3,5 bilhões em acordo de leniência para prevenir qualquer eventual prejuízo que o MPF venha a identificar. Não há, portanto, qualquer interesse por parte do colaborador em não falar o que sabe. Porém não cabe a ele descrever o tipo penal, mas sim os fatos ocorridos, o que foi feito à exaustão.

2) Conforme os autos, a decisão dos fundos por capitalizar a empresa foi sustentada em laudos financeiros juridicamente aceitos. A Eldorado jamais soube ou participou do processo decisório interno das fundações e todas a negociação se deram entre a equipe da empresa e das fundações à época.

3) Joesley Batista não sabia do PanAmericano. Vale destacar que as informações das transações do PT com doleiros constam em extratos da conta-corrente emprestada ao partido e entregues por Joesley ao MPF como parte da colaboração em 2017. Mais uma vez cabe ressaltar que colaborador colabora e investigador é quem investiga.”

A delação (parcialmente) arquivada — e o 'irmão problema'. LEIA AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. EEnilze disse:

    UGFzZG91IGRhIGhvcmEgZGUgY2FuY2VsYXJlbSBlc3NhIGRlbGHn428gLiBFbGUgbmVtIHF1aXogcmV2ZWxhciBxdWVtIOkgc/NjaW8gb2N1bHRvIGRvIEJlcnRpbg==

Ler comentários
  1. Carlos disse:

    RmltIGRhIHByaXPjbyBlbSAyYSBpbnN04m5jaWEsIHNhYmUgcG9yIHF1ZT8gU2UgbmluZ3XpbSBmaWNhcuEgcHJlc28gbuNvIHRlbSBwb3JxdWUgZmF6ZXIgIGRlbGHn428uIE7jbyBoYXZlbmRvIGRlbGHn428sICBjcmltaW5vc29zIGRvIGFuZGFyIHN1cGVyaW9yIG7jbyBzZXLjbyBkZWxhdGFkb3MuIFByZWNpc2EgZGVzZW5oYXI=

  2. Tristão disse:

    Tm92aWRhZGUhIFR1ZG8gbmVzc2VzIGNhcmFzIOkgc3VzcGVpdG8u

  3. OLAIR disse:

    TVAgbuNvIHRlbSBxdWUgdGVyIHN1c3BlaXRhIGRlIG5hZGEuIEVsZXMgdGVtIHR1ZG8gbmEgbeNvIGVudONvIHRlbSBxdWUgdGVyIOkgY2VydGV6YSBlIGZhemVyIGN1bXByaXIgYSBsZWkuIA==

  4. Eduardo disse:

    QWhoaGhoISBBcXVlbGUgZmFtb3NvIGFjb3JkbyBkZSBkZWxh5+NvIHByZW1pYWRhIHF1ZSBPIEFudGFnb25pc3RhIGRlZmVuZGV1IGNvbSB1bmhhcyBlIGRlbnRlcyBxdWFuZG8gZW50cm91IG5hIG1hcmFjdXRhaWEgZGVycm90YWRhLCBleHBvc3RhIGUgZGVzbW9yYWxpemFkYSBkZSBKYW5vdCAmIEpvZXNsZXkuLi4=

  5. DireitaMassiva disse:

    Sm9lc2xleSBTYWZAYWTjbyhlIEZhbWlnbGlhKSBmaWNvdSByaWNvIGNvbSBlbXBy6XN0aW1vcyBkbyBCTkRFUyhkaW5oZWlybyBub3NzbykgZSBhZ29yYSBxdWVyIGRhciB1bWEgYmFuYW5hIHBhcmEgb3MgYnJhc2lsZWlyb3MsIGdlcmFyIGVtcHJlZ29zIG5vcyBFVUEgZSB0cmVwYXIgYy8gVGljaWFuZSBlbSBOWSE=

    1. U2ltLiBKb2VzbGV5IGNvbW8gYedvdWd1ZWlybyDpIHVtIGJvbSByZXByb2R1dG9yLiBNZSBhZG1pcmEgZWxhLCBxdWUgZXUgY29uc2lkZXJhdmEgZmluYSwgZWR1Y2FkYSwgaW50ZWxlY3R1YWwuIFByb3ZvdSBzZXIgZGEgbWVzbWEgbGFpYS4gUmVwcm9kdXppciBjb20gdW0gY3LhcHVsYSBkZXNzZXMg6SBzZXIgdONvIGJhbmRpZGEgcXVhbnRvIQ==

  6. 3pinos disse:

    ZXhhdGFtZW50ZSwgb3MgbWFsYW5kcm9zIG7jbyBtZW50ZW0sIG9taXRlbSAuLi4gbyBy6WxpbyBn4XNwYXJyaSB2YWkgdGVyIHF1ZSBmYXplciB1bSBicmFpbnN0b3JuIGNvbSBvdXRyb3MgcGFyYSBjb250aW51YXIgYSBhdGFjYXIgYXMgZGVsYef1ZXMgLi4uIA==

    1. YXTpIGVudONvIG9zIGZlaXRvcyBjb20gYSBiaXplcnJhLCB2aW5oYW0gYXRlbmRlbmRvIGEgcGxhdOlpYSBhIHF1ZSBzZSBwcm9w9WVzIC4uLiBhZ29yYSB2YWkgdGVyIHF1ZSBidXNjYXIgb3V0cm9zIC4uLg==

  7. AgroGrão disse:

    TWVudGl1IGFjYWJvdSwgY2FkZWlhIHBhcmEgZXN0ZSBiYW5kaWRvIGHnb3VndWVpcm8g

    1. SuEgcG9zc28gdmVyIG8gYWR2b2dhZG8gZGUgY29ycnVwdG9zIEdpbG1hciBNZW5kZXMgc29ycmluZG8gZSBlc2ZyZWdhbmRvIGFzIG3jb3ppbmhhcyBzdWphcyBub3ZhbWVudGUuLi4=

    2. U/MgZGVwb2lzIGRvIHRy4m5zaXRvIGVtIGp1bGdhZG8uLi5oYWhhaGFhaA==

  8. AM disse:

    U3VzcGVpdO1zc2ltbywgYWZpbmFsLCBu428gZGVsYXRvdSBvIG1haW9yIGRlIHRvZG9zLCBvIFJBVE8sICBpbXBvc3PtdmVsLCBkZXBvaXMgZGUgdG9kYXMgYXMgYXJ0aW1hbmhhcyBpbXBsZW1lbnRhZGEgcG9yIEpvZXNsZXkgZSBzZXUgZ3J1cG8sIG8gUkFUTyBu428gdGVyIGF1dG9yaXphZG8sIHPjbyBCSUxI1UVTLiA=

  9. Fabricio disse:

    RXNzZSBKb2VzbGV5IOkgbyBtYWlvciBiYW5kaWRvIGRlc3RlIHBh7XMuIEdyYedhcyBhbyBFbmdhbm90LCBlc3RhIGxpdnJlIGxldmUgZSBzb2x0byAoZSBtdWl0byByaWNvKS4g

  10. Louis disse:

    RXN04SBkZXNmcnV0YW5kbyBvcyBCaWxo9WVzIHJvdWJhZG9zIGNvbSBhIGFqdWRhIGRvIENhcm5p52EtOS1kZWRvcy4gTyBjcmltZSBjb21wZW5zb3Uu

  11. Pedro disse:

    QSAgZGVsYefjbyBz8yB2aXNhdmEgbGltcGFyIGEgYmFycmEgZG9zIGlybeNvcyBlIGNvbSAgYSBhanVkYSBkbyBKYXJkaW0gZGVycnViYXIgbyBUZW1lciwgY29udm9jYXIgbm92YXMgZWxlaef1ZXMgcGFyYSBvIHByZXNpZGnhcmlvIHRlciB1bWEgY2hhbmNlLiAgR09ST1UgIQ==

  12. Primeiro disse:

    UPVlIGVzc2UgbWkvL3NlLy9y4S8vdmVsIG51bSBQQS9SRS9Ew08gISEhISEhISEhIFByaW1laXJvICBlbGUgc2UgQ0EvLy8vR0EgLCBkZXBvaXMgYWJyZSBvIEJJLUtPICEgIEZhbGEgdHVkbyAhIA==

  13. NICOLINO disse:

    RXNzZSBKb2VzbGV5IHBvdXBvdSBvIEx1bGEgZW0gc3VhcyBkZWxh5/Vlcy4gRWxlIOkgbyBwcmluY2lwYWwgcmVzcG9uc+F2ZWwgcGVsbyBhdW1lbnRvIGRvIHByZedvIGRhIGNhcm5lIG5vcyD6bHRpbW9zIGRpYXMuIENyaW91IHVtIG9saWdvcPNsaW8gY29tIGRpbmhlaXJvIHD6YmxpY28gZSBhaW5kYSBw9WUgbm8gZG8gcG92by4=

  14. Dene disse:

    TmFvIGRlbGF0YXJhbSBtZW1icm9zIGRvIEp1ZGljaWFyaW8/IExhdmEgVG9nYSBqYS4=

  15. GILMAR disse:

    VGVtIHF1ZSBtYW50ZXIgaXNzbyB2aXUsICBjYWTqIG8gbW9yZG9tbywgZSBhIG1hbnUsIHbjbyBzZXJlbSBwcmVzbyBvdSBu428/Pz8=