Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Nove crianças indígenas morrem de Covid em Roraima

Nove crianças indígenas morrem de Covid em Roraima
Leonardo Prado/PG/FotosPúblicas/2015

Nove crianças indígenas da etnia Yanomami morreram de Covid-19 em Roraima, segundo o Conselho Distrital de Saúde Indígena Yanomami e Ye’kuana (Condisi YY).

A informação consta de ofício enviado à Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), pelo presidente do Condisi YY, Júnior Hekurari Yanomami.

À CNN, Júnior Hekuari Yanamami também informou que um idoso morreu por Covid-19 e duas crianças em estado grave da doença foram encaminhadas para tratamento em outra unidade hospitalar.

A Secretaria Especial de Saúde Indígena, do Ministério da Saúde, registra 41.625 casos de Covid confirmados e 544 mortes entre indígenas até 29 de janeiro.

A Articulação dos Povos Indígenas do Brasil, que realiza o monitoramento com informações também fora dos Distritos Sanitários Especiais Indígena, conta 47.522 casos confirmados e 942 mortes em decorrência da doença.

Em nota, o Ministério da Saúde, informou que recebeu a comunicação do Conselho Distrital de Saúde Indígena (CONDISI) Yanomami e está verificando junto ao Distrito Sanitário Especial indígena (DSEI) Yanomami a veracidade das informações.

“O DSEI encaminhou uma equipe aos locais para averiguar a situação, mas ressalta que, até o momento, os óbitos não foram confirmados para Covid-19. A pasta esclarece ainda que, todos os óbitos em área indígena com suspeita de Covid-19 são investigados.”

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que tem coragem de fiscalizar TODOS os poderes
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO