Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Nove partidos vão ao STF para sustar ato de Arthur Lira

Nove partidos vão ao STF para sustar ato de Arthur Lira
Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

Integrantes de nove partidos que fizeram parte do agrupamento partidário de Baleia Rossi vão ingressar com uma ação no STF para tentar sustar a decisão do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP), que indeferiu o registro do bloco do líder do MDB.

A petição será assinada por PT, MDB, PSB, PSDB, PDT, PCdoB, Cidadania, PV e REDE. “Os partidos que se uniram em torno da defesa de uma Câmara livre e independente repudiam, com a mais intensa veemência, o ato autoritário, antirregimental e ilegal praticado pelo deputado Arthur Lira”, afirmaram os parlamentares destas siglas por meio de nota oficial divulgada na madrugada desta terça-feira (2).

Lira revogou a composição o bloco argumentando que ele foi constituído com atraso. O MDB pediu o registro do agrupamento partidário às 13h48 desta segunda-feira (1º). O prazo regimental para inscrição dos blocos, porém, acabava às 12h. A estratégia de Lira foi antecipada por O Antagonista. “A eleição é una: não se pode aceitar só a parte que interessa. Ao assim agir, afrontando as regras mais básicas de uma eleição – não mudar suas regras após a sua realização -, o referido deputado coloca em sério risco a governabilidade da Casa”, complementam os deputados do bloco de Baleia Rossi.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO