Novo chefe da Apex vai rever demissões

Assim que assumir a Apex, o embaixador Mário Vilalva vai rever as demissões e contratações do antecessor, Alex Carreiro, informa o Estadão.

Demitido ontem por Jair Bolsonaro, a pedido Ernesto Araújo, Carreiro dispensou 18 comissionados para convocar concursados.

O que o brasileiro quer de Jair Bolsonaro? Leia aqui

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Marcelo disse:

    Que comédia! Os burraldos que nada sabem, a imprensa vermelha marronzista brazileira, que nem sabiam da existência da tal APEX, transformaram a questão numa fuzarca nacional pra tentar ferir o Mit

    1. Marronzista? Odorico Paraguassú vive. BraZileira? Nem Odorico Paraguassú escreveria tal besteira, assim como nenhum braSileiro que se preze e saiba escrever. Sai da rede e vai estudar!

Ler comentários
  1. José disse:

    Revisão das demissões na Apex? O Governo já vai começar a ceder às pressões do Valdemar Costa Neto e outros? Para “proteger” o Queiroz?

    1. hahahaha, mav, mav, vai arrumar um emprego sério, vagabundo.

  2. Paulo disse:

    Dá para perceber nos comentários que tem muito "engenheiro de obras prontas" que NUNCA TRABALHARAM na vida. Sabem tudo conforme o "manual do bom administrador do nada".

  3. Lao disse:

    Mostra a fraude q s os concursos públicos, há centenas d concursados q buscam seus direitos na justiça, é máquina d fazer dinheiro, os cargos pertencem aos comparsas dos políticos.

    1. Sempre foi assim, é e parece que continuará sendo. Cuidado Presidente Bolsonaro, pois esse início está parecendo continuísmo de quadrilhas de “cumpanhêrus”

  4. Thiago disse:

    Podem ver, onde tem indicação do Olavo dos Baralhos e Crentes no meio só sai barraco. Tem que defenestrar essa gentalha e cortar essa boquinhas gordas.

    1. concordo com você. Como pode um gerador de idiotas como aquele ser influente em alguma coisa séria? Empresa nenhuma contrata nada daquele cara.

  5. joaquim disse:

    Acho que a credibilidade do Bolsonaro não vai durar 1 ano

    1. Dura ...isto é só o ensaio . Já fizeram muitas mudanças boas mas os negativos olham sempre o copo vazio

  6. Amilcar disse:

    Nesse ponto das demissões Alex Carneiro estava certo, se há concursados, tem que assumirem os cargos para os quais foram aprovados, se para isso foi necessário acabar com protegidos de alguém...

  7. Thales disse:

    Rever nomeações de concursados é sacanagem. Sem mais.

  8. Rumanettto disse:

    Quem nao for MAÇOM nem parente ou cumplice de alguem da MACONARIA mafiosa sao os primeiros a sair no processo de troca de sistema. Seja qual for o sistema ou quadrilha politica os 🐐🐐⛏⛏ cont

  9. HM disse:

    Melhor Contratar os CONCURSADOS afinal se é cargo meramente Técnico sem nenhum diferencial NÃO tem porque serem "extra corporis",fora que Custam BEM menos pra nós pagadores de IMPOSTOS🤓

  10. Thiago disse:

    Estão com os olhos arregalados pra se lambuzar com o melado.

  11. Lira disse:

    "Carreiro dispensou 18 comissionados para convocar concursados" mesmo que ele não fosse completamente capacitado para o cargo, não acho que foi uma atitude errada.

  12. Adriana disse:

    Convocar concursados é bom a princípio. Mas não se você é um inadequado que não fala inglês e quer apenas afastar pessoas qualificadas e dar emprego a novas que lhe serão gratas.

  13. Eduardo disse:

    Ou seja, vai botar comissionados sem experiência em desfavor de concursados com experiência. Quando é que Bolsonaro vai se livrar do doido varrido do Ernesto "Deus de Trump" Araújo?

    1. É bem isso, Adriana. O cara é textão vai que desconfiam que ele não é nada do que fala.

    2. Talvez trazer de volta comissionados experientes. Pq tem que ver se o língua dura quis apenas atrair nomeados gratos que "não notariam" sua falta de qualificação.

  14. Paulo disse:

    Mas que confusão esse negócio. Não era para se fazer essas substituições, de comissionados por concursados? Agora não vale mais? Que zona, cacete.

    1. A amiga que o Eduardo Bolsonaro botou lá queria contratar comissionados, que seriam os aliados dela do PSL e que não seriam da área diplomática. Foi isso o motivo da demissão do Alex.

  15. ribeiro.js@hotmail.c disse:

    Acredito que logo Guedes e Moro sairão do goverto, aí ele será mais do mesmo. A mim parece que quem governa é o Onix.

  16. Melissa disse:

    Soh nao pode dar asa a cobra, com o subalterno dando ordem para o chefe!

  17. Esther disse:

    Ué, mas o que tem de errado dispensar os não concursados para admitir funcionários de carreira?

  18. Voltaire disse:

    Medíocres amadores q se comportam como estivessem em campanha. Despetização fake, houve recontratações, do jetim q eu havia previsto. Minha visão P/B17 é desapaixonada deve ser isso.Boçais!

  19. Nil disse:

    Que noticia mal escrita, ficou bem confusa.

  20. Mauro.SP disse:

    Ainda eh cedo, O Min. tem meu voto de confiança, por enquanto. Mas e o fim das embaixadas inúteis? Muitas delas em micro ilhas paradisíacas do Caribe? Fecha ou Nao?

    1. Corretíssimo, Mauro. Tem de acabar com todas estas pequenas e inúteis embaixadas! Grande economia de dinheiro que está sendo jogado no lixo!

    2. Vai ter corte nas despesas com festas nababescas em embaixadas suntuosas? Nenhuma mostra de austeridade que vai ser diferente de tucanos e petistas?

  21. Ariel disse:

    Muitos não entenderam. O cara demitido, quis contratar por concurso para uma area q n precisa, pois são temporais em muitos casos, logo esses concursados n poderiam ser demitidos nunca! Capice?

  22. Renato disse:

    Respeitado pelo corpo diplomático, o ministro acertou neste caso. Há de se entender a inexperiência de Ernesto. Ele irá aprender. Pode ter assessores seus, desde que provisórios, inclusive.

  23. Boca.do.Lixo disse:

    A loirinha do salario de R$ 47.000,00 vai ou fica ?

  24. bethprs@gmail.com disse:

    Mas ele fez bem. Por que contratar comissionados se existem concursados aprovados?? Isso é coisa de pt.

  25. Curupira disse:

    O cara é embaixador! Péssimo sinal, pois o Itamaraty sempre foi alinhado com o que há de mais podre na sociedade humana. Aliás, esse é outro local para a classe política se locupletar criminosam

  26. Marcos disse:

    Dispensar comissionados para chamar concursados parece-me a princípio uma coisa boa...por que rever?

  27. Estudante disse:

    Acaba com este cabide de emprego chamado APEX....

  28. Mario disse:

    Cargos de confiança são cargos de confiança. Não existe maneira de fazer concurso para confiança.

    1. mas são cargos que podem ser dados a pessoas de carreira, técnicos extremamente capazes... não precisa ser dado a qualquer um apenas por ser de confiança

  29. Estudante disse:

    Todo este rolo por causa da uma safadinha bonitinha, até mesmo a história de que o ingles do rapaz é terrivel não sabemos se realmente é ok, devido a falta de transparencia do ministro e deste po

  30. DireitaMan disse:

    Comissionado ganha 19 mil, concursado ganha 7 mil, e concursado tem cérebro, passaram numa prova difícil,é a meritocracia.

    1. Não aprovo comissionada, mas concursado passa na prova e não tem experiência. Já entra meio se achando. Não é pq passou no concurso que vai entrar jogando

    2. Tem tanto cérebro que o país tá assim. Puro corporativismo do funcionalismo público e os outros que se lasquem pra pagar as regalias.

    3. E mesmo o comissionamento do concursado por cargo é restrito, se não estou errado, em 40% do cargo. E além disso tem o abate teto.

  31. Helena disse:

    Parece que optar pelos concursados é o mais correto

  32. julio disse:

    esta revisão deve ser no sentido de reforçar as demissões de comissionados e ponto!

  33. Ezequiel disse:

    Essa treta ai não esta bem explicada.