Novo chefe da PF é primo de ex-deputado preso por corrupção no porto de Santos

Novo chefe da PF é primo de ex-deputado preso por corrupção no porto de Santos
Reprodução/Linkedin

Paulo Maiurino, o novo diretor-geral da Polícia Federal, é primo e ex-assessor do ex-deputado federal Marcelo Squassoni, do Republicanos —preso pela PF em 2019, numa investigação sobre desvios em contratos milionários no porto de Santos, informa Luiz Vassallo na Crusoé.

Maiurino trabalhou no gabinete de Squassoni em 2015, três anos antes da deflagração da Operação Círculo Vicioso, que mirava as fraudes em Santos e levou o ex-deputado à cadeia.

LEIA MAIS na Crusoé; assine a revista e apoie o jornalismo independente.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO