Novo código de ética do PSDB afastaria Aécio

Telegram

Antes de deixar a presidência do PSDB, Geraldo Alckmin pretende criar um código de ética para o partido que afastaria tucanos réus criminais e expulsaria condenados em segunda instância, publica O Globo.

A proposta afastaria, por exemplo, Aécio Neves e Marconi Perillo, ex-governador de Goiás.

Comentários

  • JONE -

    Já não é sem tempo.

  • Karmen -

    vale pra ele???? senão n vale

  • Daisy -

    Com a delação dos doleiros, esse código de ética vai para a "geladeira".

Ler 50 comentários