ACESSE

Novo diretor da PF vai manter indicado por Valeixo

Telegram

O novo diretor-geral da PF, Rolando Alexandre de Souza, decidiu promover mudanças em quatro superintendências estaduais, além da do Rio de Janeiro.

Após os ruídos causados pela troca no Rio, porém, Rolando optou por não mudar o chefe da diretoria mais sensível da corporação, a de Investigação e Combate ao Crime Organizado.

Igor Romário de Paula, ex-titular da Lava Jato em Curitiba e indicado por Maurício Valeixo, continuará no posto.

Leia AQUI a reportagem de Fabio Serapião na Crusoé.

Leia também: Bom jornalismo: a sua proteção contra as fake news. Entenda

Comentários

  • Gerson -

    Amarelou... Também, o jumento mor está quase caindo e ele cairá junto.

  • Mcz -

    Situação piora a cada dia. Basta apertar mais um pouquinho que elles tremem na base.

  • Valeria -

    O diretor da ABIN é amigo do diretor da PF. Obrigado ALEXANDRE DE MORAES OBRIGADO MIDIAN. VCS FIZERAM BOM TRABALHO. OBRIGADA MINARDI

Ler 24 comentários