ACESSE

Novo ministro do Trabalho demite 'peladeiro' e '171'

Telegram

Caio Vieira de Mello, o novo ministro do Trabalho, demitiu hoje seis servidores de confiança apadrinhados pelos petebistas Roberto Jefferson e Jovair Arantes, informa Vinicius Sassine em O Globo.

Um dos demitidos foi Leonardo Oliveira, que era chefe de gabinete da Secretaria de Políticas Públicas de Emprego e colega de pelada de Leonardo Arantes –sobrinho de Jovair e ex-secretário-executivo da pasta, preso na Operação Registro Espúrio.

Outro foi Tulio Pessoa de Oliveira, que era coordenador-geral de Recursos Logísticos e foi réu numa ação penal por estelionato. Como o caso envolvia quantias pequenas, ele fez acordo, com a obrigação de comparecer periodicamente à Justiça.

Os dois demitidos recebiam salário mensal de R$ 9.900.

Comentários

  • SPA -

    Ora , se ele demitiu 6 é porque existem muito mais nesses ministérios inúteis . E agora , deixa o posto vago ou nomeia gente de sua "confiança " ?

  • Brasileiro -

    Concordo plenamente com todos os comentários desta matéria em número, gênero e grau

  • Maglu -

    Os ladrõezinhos são demitidos, os LADRÕESZÕES são mantidos. NADA VAI MUDAR NO BRASIL!!!!

Ler 14 comentários