Novo presidente da OAB ataca ampliação da posse de armas

Telegram

Em Lisboa, o novo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Felipe Santa Cruz, não poupou críticas à política de Jair Bolsonaro de facilitar a posse de armas no país.

“De 1980 a 2016, um milhão de brasileiros pereceram por armas de fogo. Será que é o modelo do armamento em massa que vai resolver o drama das cidades brasileiras, de pessoas que ficam horas a fio no trânsito, no sol, nos ônibus. E aí a solução é que estejam todas elas armadas?”

Também se contrapôs ao endurecimento da legislação penal, que para ele levam ao maior encarceramento.

Comentários

  • M. -

    Um sujeito desse não torce pelo Brasil.

  • gilberto -

    OAB tem cuidar de quem eles representam. Fiscalizar os maus profissionais que não são poucos, instituir regras de recebimento de dinheiro por serviços prestados, proibindo que dinheiro ilícito sir

  • Alexandre -

    FDP comuna

Ler 187 comentários