Novo presidente poderá indicar ao menos 10 ministros de tribunais superiores

Telegram

O Globo fez as contas: o presidente eleito neste domingo poderá indicar pelo menos dez ministros para integrarem os tribunais superiores brasileiros, de um total de 86 vagas.

No STF, Celso de Mello e Marco Aurélio Mello, os mais antigos integrantes da corte, completam 75 anos em 2020 e 2021, respectivamente, e terão de deixar o cargo.

Haverá ainda mais duas vagas no STJ, duas no Tribunal Superior do Trabalho e quatro no Superior Tribunal Militar a serem preenchidas pelo próximo presidente.

Comentários

  • Wagner -

    É preciso aprovar lei alterando a alteração quanto à máxima idade, para pelo menos 70 anos, isso já daria para descartar mais dois ou três "Ministros" vermelhos.

  • Daniel -

    Tem que colocar Moro e outros com esse perfil e mudar a lei para 70 anos novamente, o beicola vai sair por ação do senado.

  • Giusti -

    Têm d aprovar lei d retenção p os Min. do STF e outros. O eleitor precisa ter o poder d demitir qq 1 deles qdo achar q deve. Pres.República indica, Senado aprova, mas quem demite é o eleitor.

Ler 42 comentários