Partido de Amoedo reforça pedido de liminar para impedir campanha de Lula

O Partido Novo acaba de entrar no TSE com mais um pedido de liminar para proibir que o PT veicule a imagem do presidiário em propaganda eleitoral, inclusive na campanha de rádio e TV.

No recurso, o partido de João Amoedo também requer a proibição de qualquer menção a Lula como candidato nas eleições de outubro.

Comentários

  • Gustavo -

    Cláudio...por favor corrige a manchete para o NOVO reforça o pedido. O Amoedo é o candidato do NOVO, não deixa a percepção de que o NOVO é mais um veículo de ambição pessoal ser inferido da matéria.

  • Marco -

    Uma vergonha acionar a Justiça para o que, de ofício, deveria ela mesma já ter feito. As instituições estão funcionando, sambando que só!

  • Luís -

    Apenas corrigindo: o Amoêdo não é presidente do NOVO. Pelo estatuto do partido, dirigentes partidários não podem ser candidatos ou exercer cargos públicos e vice-versa.

Ler 22 comentários