Novos nomes para o Ministério do Trabalho

Eliane Cantanhêde lembra que sobraram dois nomes da bancada do PTB da Câmara para o Ministério do Trabalho: os deputados Sérgio Moraes e Pastor Josué Bengtson.

Michel Temer, porém, pode entregar a pasta para outra legenda depois que Pedro Fernandes se recusou a pedir a bênção de José Sarney para assumir o cargo.

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Só para lembrar o próximo presidente vai poder indicar 4 ministros para o STFo nosso presidente bolsonaro vai indicar MORO e esses desembargadores que iram entrar para história condenando o maior ladrão que já pisou nessa terra Brasil.

Ler mais 9 comentários
  1. Só para lembrar o próximo presidente vai poder indicar 4 ministros para o STFo nosso presidente bolsonaro vai indicar MORO e esses desembargadores que iram entrar para história condenando o maior ladrão que já pisou nessa terra Brasil.

  2. O fato é que José Sarney, Renan Calheiros, Lula, Dilma e até o FHC e o Collor… possuem o Poder Judiciário nas mãos! Ninguém pega essa gente!

  3. Vejam a consideração que esse desgoverno tem com o trabalho.Ministro do trabalho é um cargo pra qualquer um que não mexa com os brios do “Dono do MA”. Pobre Brasil, já começa o ano tendo de engolir uma lambança dessas.

  4. Um país que ainda tem um tipo como o JOSÉ SARNEY apitando quem pode ou não ser nomeado para a vaga de MINISTRO de ESTADO, não tem a menor possibilidade de dar certo algum dia!

  5. Ei. Sérgio Moraes é o gaúcho que disse “estar se lixando para a opinião pública ” lembram? E tem uma família profissional da política, cheia de inquéritos e coisas mais. Seria o fundo do poço da qualidade já duvidosa do ministério.

  6. Só um país de quinta categoria tem Ministério do Trabalho, Justiça do Trabalho, Ministério Público do Trabalho, fiscais do Trabalho…. São bilhões do orçamento público federal jogados na lata do lixo!
    A quantidade de malandros que ficam pendurados nessas tetas e que atrapalham justamente a geração de empregos daria para o país gerar mais de 5 milhões de postos de trabalho, pelo menos!
    O que gera empregos é a ausência de burocracia, juros baixos, ausência de estatais monopolistas, povo educado, com um mínimo de preparo intelectual e formação profissional, segurança pública decente, leis estáveis, legislações que não mudem a cada novo governo, visão de longo prazo!