Número de lote exibido por Bolsonaro indica que mãe recebeu Coronavac

Número de lote exibido por Bolsonaro indica que mãe recebeu Coronavac
Foto: Reprodução/ Redes Sociais

O cartão de vacinação apresentado por Jair Bolsonaro na última quinta-feira como sendo de sua mãe, Olinda, indica um número de lote compatível com a Coronavac, e não o imunizante de Oxford, diz o UOL.

O presidente mostrou uma cópia do cartão em sua live semanal numa tentativa de provar que sua mãe havia recebido a primeira dose do imunizante de Oxford.

No comprovante, é possível ler, entre outras coisas, o nome da mãe de Bolsonaro, o número do lote (200278) e o fabricante (Oxford).

No site do Instituto Butantan, porém, o número 200278 é de um dos lotes da Coronavac que recebeu autorização emergencial da Anvisa.

Outro dado que chama a atenção é a data para a segunda dose, 5 de março, que é recomendada para a aplicação da Coronavac, e não para o imunizante de Oxford.

 

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO