Número dois da Saúde é réu por improbidade

João Gabbardo dos Reis, nomeado secretário executivo do Ministério da Saúde, é réu em uma ação de improbidade administrativa no Tribunal de Justiça do Distrito Federal.

Diz o Estadão:

“Ele e outros seis servidores públicos da Secretaria de Saúde do DF respondem pela utilização, em 2013, de R$ 6 milhões em recursos da saúde pública para reformas no Instituto de Cardiologia do DF (ICDF), apontado na denúncia como uma instituição privada. Gabbardo era o superintendente do hospital à época e diz que a denúncia é equivocada.”

Será que o novo presidente se dobrará à velha política? Entenda aqui

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 79 comentários
  1. Primeiro, ele deve pedir exoneração. Se não fizer isso, o ministro tem que exonerá-lo. No meio do “trigo” sempre tem o “joio”, principalmente em se tratando de política.

    1. O Ministro Mandetta amigão do Ze Dirceu cérebro da Orcrim tem que rodar!!! Queremos a Saúde limpa, votamos no nosso BolsoMito para a faxina sem corrupção!!!!

    1. Cuidado para o Bolsonaro não aderiu aos comunistas!!!! Estão fazendo a cabeça dele!!! Ta recuando rapido demais! SOS !

    2. Já viram algum petralha na Saúde reclamar do corrupto do Mandetta???? Claro que não as associações medicas petebas que faturam nos hospitais estão adorando!!!

  2. Hoje em dia até para ser admitido como um auxiliar qualquer, a pessoa é investigada, será que não dá para os assessores do Pres. Bolsonaro dar uma checada nos nomes antes das nomeações? rs.rs.r

    1. Justiças estaduais não são conectadas seria preciso 27 certidões diferentes. Poucos concursados ou empregados da iniciativa privada conseguiriam cumprir essa exigência porque seria cara e trabalh

  3. Vendo a Fonte da Notícia: ESTADÃO, FOLHÃO de SP já sabemos que é FAKE NEWS…Quer ganhar Muito dinheiro em 2019 com um trabalho sério…WWW.PROFISSIONALSOLAR.TK

    1. leia…. “por ser instutuição privada”, ou seja, alguém é dono , não modernizou o hospital e recebeu “de presente” grana do governo. Pode isso Arnaldo ??

    1. Também Marun em cargo importante, Toffoli de conselheiro, mantém-se o presidente dos correios,, risco de apoio a Renan Calheiros, bate cabeça entre importantes membros do governo. A coisa tá feia.

  4. Sou de Brasília e conheço bem o trabalho de excelência do Instituto de Cardiologia que presta atendimento a pacientes do Sus em sua maioria, encaminhados pela Secretaria de Saúde do DF.

    1. Qualquer hospital da rede hospitalar privada pode prestar atendimento a paciente do SUS e vai ser remunerado por isso.

  5. Putz!! Será que não sobrou um só indivíduo honesto nesse meio administrativo? O sujeito é indicado para um cargo, de acordo com seu curriculum e em poucos dias, aparecem os mal feitos! Rotina.

  6. Que se apure 8s FATOS…. cobrem a quem dev3 e sejam processados na forma da lei não é so da esquerda que se deve cobrar correção errou paga… esquerda direita Centro tanto faz,o dinheiŕo e noss

    1. É lamentável que o Mandetta uma pessoa tão desacreditada um mero ortopedista suspeito de corrupção e amigão do Ze Dirceu va comandar a Saúde e um orçamento de 250 bilhões!!!

  7. Conforme Bolsonaro e os big shot da presidência forem tomando conhecimento de caras como esse, pendurado na justiça, o negócio é dar um pé-no-rabo imediatamente e caçar outro do ramo.

    1. 3 Pinos. Sou admirador ferrenho de Bolsonaro desde sempre. Não desejo ver o Capitão ser atacado por ter nomeado um nó cego que não merece o cargo por ter o rabo preso com a justiça

  8. Vi um post dos lacradores da Globo: apresentadores de Telejornal, de prog. de entretenimento, artistas, gente com a “fralda cheia” por causa de BNDES, vestidos de rosinha.Ridículo! Patético!

    1. O que o dinheiro não faz. Pessoas maduras, pais de família prestarem-se ao papel de otário, causa-me vergonha alheia. Mas acho q eles nem sabem o que é isto.

  9. A cada dia percebo que, aparentemente, o Antagonista foi comprado pela Folha. Sua tática editorial deixou de ser de isenção (o que o tornava diferente e bom de ler) e está enviesada para a esquerd

    1. Quem está esquerdando é o Bolsonaro, veja por exemplo o caso que o Bolsonaro quer interferir no caso da compra da Embraer pela Boeing, isso é estatismo, controle do Estado

    2. André, como eu disse e certamente você não prestou atenção, o Antagonista deixou de ser ISENTO. Isenção não é protagonismo nem desconstrução e ataques. O Antas surgiu para inovar no jornali

    3. Se fosse pra ficar defendendo o governo, melhor seria chamar Protagonista ou Coadjuvante, e não Antagonista. Não é.

    4. Eu ainda acesso com frequência na esperança que voltem a ser o que já foram. Faziam jornalismo (exclusivo?) Hoje só copia/cola. Dois amigos abandonaram o site.

  10. O MP pode acusar qualquer um, mas quem julga é a Justiça. Antas, “você pode enganar uma pessoa por muito tempo; algumas por algum tempo; mas não consegue enganar todos por todo o tempo” (A. Linc

    1. kkkkk…só aceita a verdade que lhes convém. Qual o problema de divulgar a noticia? Se o cara é réu que seja julgado e se comprovado o crime de vá para cadeia.

    2. Pior, virou o 247 2.0 um mudança radical de posição. Alguma coisa aconteceu, algum interesse foi contrariado. Vão perder seus leitores fiéis, os petistas são de ocasião.

    1. Lula até hoje depois de preso continua dizendo que os “meninos” do MP fizeram perseguição política contra ele, power point mentiroso de detran dalaiol… mesmo papo.