Nunca, Dino, nunca

Flávio Dino bateu no peito e disse:

“Fui juiz federal por 12 anos e nunca: 1) mandei no Ministério Publico; 2) determinei que procuradora fosse fazer “treinamento”; 3) opinei sobre ação penal antes de ser ajuizada; 4) orientei procurador sobre como produzir provas; 5) mandei descumprir decisão de desembargador.”

Ele também nunca:

O roubo e o vazamento de mensagens trocadas por Moro e os procuradores da Lava Jato é grave. Muito grave. CONFIRA

1) prendeu um ex-presidente; 2) desbaratou a maior quadrilha de todos os tempos, instalada no governo e no Congresso Nacional; 3) desmontou o cartel da Petrobras, que reunia as maiores empreiteiras do Brasil; 4) mandou para a cadeia as pessoas mais poderosas do país; 5) recuperou dezenas de bilhões de reais para o Tesouro Nacional.

Flávio Dino tem razão: ele nunca foi e nunca será um Sergio Moro.

Comentários

  • Meton -

    Não quero me envolver, de forma alguma no "rolo" da Lava Jato mas fui pioneiro do MPF em operações momentosas como a do Finor-Sudene, sem apoio de ninguém e sempre mantive total independência.

  • Afonso -

    Comunista de carteirinha, decorou uns livrinhos e passou no concurso, foi um mau juiz, só visando a política. Aproveita a ignorância de parcela do povo do Maranhão para se eleger. Fora comunistão

  • José -

    Comunismo está se restringindo a América LATRINA, e é por isso que está sempre na m....

Ler 410 comentários