"Nunca existiu uma interferência política tão extrema na questão da saúde"

“Nunca existiu uma interferência política tão extrema na questão da saúde”
Reprodução/Governo do Estado de São Paulo/YouTube

Dimas Covas, do Instituto Butantan, resumiu os efeitos da sabotagem bolsonarista na luta contra a Covid-19.

Ele disse para a Folha de S. Paulo:

“Nunca existiu uma interferência política tão extrema na questão da saúde pública ao ponto de certas autoridades negarem a importância das vacinas, negarem a própria pandemia. E nós vivemos muito tempo lutando contra isso, o próprio Ministério da Saúde investindo em caminhos alternativos que não levaram a nada a não ser o uso indevido de recursos públicos em tratamentos que não têm nenhuma finalidade. É uma situação absolutamente surreal a que vivemos na área da saúde pública e, infelizmente, explica por que o Brasil é vice-campeão em mortes pela Covid-19.”

 

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
TOPO