Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Nunes Marques diz que debate sobre voto impresso é 'preocupação legítima do povo'

Ministro indicado por Bolsonaro ao STF foi o único da corte a não assinar nota conjunta com ex-presidentes do TSE em defesa da urna eletrônica
Nunes Marques diz que debate sobre voto impresso é preocupação legítima do povo
Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Kassio Nunes Marques afirmou nesta segunda-feira, 2, que o debate sobre o voto impresso cabe ao Congresso e que ele, na condição de juiz, respeitará “a expressão da vontade popular”, “mantendo ou alterando a sistemática de votação e apuração de votos, nos termos da Constituição”, registra O Globo.

Indicado por Jair Bolsonaro ao STF, Nunes Marques foi o único integrante da corte que não assinou a nota conjunta em defesa da urna eletrônica publicada por ex-presidentes do TSE.

O ministro, porém, alegou que “não foi consultado previamente em nenhum momento a fim de que pudesse concordar ou não com o teor” da manifestação e disse considerar “legítimo o posicionamento” externado pelos seus colegas.

Nunes Marques afirmou ainda que “o debate acerca do voto impresso auditável se insere no contexto nacional como uma preocupação legítima do povo brasileiro”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO