O 11 de setembro de Lula

Sergio Moro agendou para 11 de setembro, às 14h, o interrogatório de Lula sobre o recebimento de propina da Odebrecht e da OAS por meio das reformas no sítio de Atibaia.

O petista será ouvido presencialmente pelo juiz federal. O interrogatório do pecuarista José Carlos Bumlai, amigão de Lula, foi marcado para o mesmo dia.

De acordo com a denúncia do MP, o presidiário de Curitiba recebeu propina de seis contratos entre a Petrobras e as duas empreiteiras, repassados por meio de reformas no sítio cujos custos chegaram a R$ 1,02 milhão.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 19 comentários
  1. Pensou que iria tirar onda em triplex na beira da praia, tombou. Pensou que iria tomar vinho da adega do sítio, vai tombar. Vai tombar nas tralhas que roubou da presidência. Agora só falta o Vanisley botar quente no Neviton!!!!

  2. Nessa audiência ele vai no jatinho de algum “compadre”, e após vai aproveitar pra fazer um showmício nas barbas do Moro pois já vai estar livre, leve e solto rindo da nossa cara, com as bençãos do balcão de negócios do STF chamado 2ª turma. É o começo do fim da Lava a Jato, podem apostar o 13º.

  3. O argumento do Lula é previsível. Não sabia de nada e dona Marisa resolveu fazer essa surpresa a ele. Só ela poderia explicar por que fez isso, infelizmente isso não é mais possível.

  4. Eu também achei setembro muito longe, mas o Lula disse que tá tudo bem, na agenda dele não tem nenhum compromisso importante nesta data… nem no mês anterior alias… ou posterior… ou pós-posterior…