Temer no 4º andar

Michel Temer só almoça no seu gabinete, sempre. Hoje, porém, ele quebrou a regra.

O Antagonista apurou que o presidente preferiu comer na sala do general Sérgio Etchegoyen, chefe do GSI, acompanhado também de Eliseu Padilha.

O gesto foi interpretado como um agradecimento sutil à caserna pelo tratamento recebido ontem no Hospital do Exército.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler 18 comentários
  1. Antes que eu me esqueça O PEDÓFILO HISTORIADOR disse um monte de cultura inútil.
    : 26 de outubro de 2017 às 19:54
    E onde eles não tomaram o poder? Na Colômbia. Argumentando que deveriam seguir o caminho da constitucionalidade, os generais colombianos não tomaram o governo pela força. Resultado: 50 anos de guerra civil.
    Você quer dar uma de intelectual, mas lhe falta estofo para isso.
    Ninguém vai se interessar por essas historietas que vc conta!
    Isto daqui é um blog de política brasileira e temos muito mais coisas atuais a tratar e com novas variáveis.
    O que vc postou não passa de encheção de linguiça.
    Vai usar sua “sabedoria” em coisas mais úteis para a sua vida!

  2. E onde eles não tomaram o poder? Na Colômbia. Argumentando que deveriam seguir o caminho da constitucionalidade, os generais colombianos não tomaram o governo pela força. Resultado: 50 anos de guerra civil. Quando, recentemente, foi firmado o esdrúxulo acordo de paz, as FARCs — criadas pelo padre, professor da Universidade Nacional da Colômbia, Camilo Torres Restrepo — detinham 40 % do território sob seu comando e já haviam se associado ao tráfego internacional de drogas. Saldo dos 50 anos de guerra civil: 280.000 mortos.
    No Brasil, primeiro país em que os militares tomaram o poder, preventivamente, o saldo foi de, aproximadamente, 400 mortos; entre eles estão os civis inocentes, os militares, os policiais, os terroristas que morreram em trocas de tiros com a repressão ou resistindo a prisão, e os chamados desaparecidos políticos. Se você não sonha em viver numa verdadeira ditadura militar como a da Coreia do Norte e a cubana, então deve agradecer todos os dias a Deus pelo que homens como Castelo Branco e Emílio Garrastazzu Médici fizeram por nós…

  3. Na Argentina os movimentos armados começaram a recrudescer suas ações entre 1969 e 1973, notadamente, através de atentados terroristas, sequestros e assassinatos de civis. Após a morte do presidente Juan Domingos Perón, quando sua esposa assume o governo, a situação se deteriorou de vez, caminhando rapidamente para um estado de anarquia pré-revolucionária comunista. Entre 1969 e 1979, as organizações terroristas argentinas, mormente, os Montoneros e o Ejército Revolucionário del Pueblo, efetuaram 21.000 atentados a bomba, 1.748 sequestros e 1.501 assassinatos de civis. O combate aos grupos e organizações, efetuado, especialmente após a tomada do governo pelos militares, deixou um saldo total de 30.000 mortos.

  4. No Chile, o Movimento de Izquierda Revolucionário, MIR, começou suas atividades em 1965, alcançando seu ápice, pré-revolucionário, durante o governo de Salvador Allende, quando, sob as vistas grossas do estado começaram a estocar armas em diversas regiões do país. Em 1973, quando o general Augusto Pinochet assumiu o governo para dar combate ao movimento, estima-se que haviam entre 40 e 45.000 jovens armados, prontos para tomar o poder no país. Resultado dos combates: 4.000 mortes, que ocorreram, principalmente, devido à demora da reação dos militares. Mesmo assim, a travada pelas forças armadas chilena foi, dizem os especialistas, uma guerra “benigna”, com apenas 10% de mortes entre os combatentes…

  5. “Luizs PEDÓFILO VELHO disse a seguinte asneira: 26 de outubro de 2017 às 19:26
    Esses caras comem e aquele sucateiro, que puxa a carroça o dia todo, paga. É muito triste. Mas afinal, estamos no Brasil.”
    Essa pústula petralha que fica parasitando neste site dos Antas chama-se Lucas Silva e ele só presta pra esse servicinho pouco e covarde que é ficar soltando impropérios e enchendo a área de comentários do site com asneiras.
    Todos que ameaçam o cachaceiro ladrão dele e que ele adotou como deus, são massacrados com comentários grosseiros, sem o menor sentido e invariavelmente mentirosos.
    De vez em quando tem que dar uma de isentão e engajadão para não dar na vista!
    Ele adora comer uma criancinha!
    É um sujeitinho extremamente burro e mentiroso!
    Em resumo é o retrato cuspido e escarrado dessa racinha de petralhas!
    E um recado para vc, PEDÓFILO Lucas Silva!
    Enquanto tem mãe brasileira ensinando sua filha como se TOCA num PEDÓFILO, em público…
    Lá nos estados Unidos, a mãe mostra à filha como se TRATA um PEDÓFILO!
    B A L A N E L E S !!!
    É o que vcs, petralhas e comunas em geral, merecem!
    BURRO!!
    PEDÓFILO!!

  6. Esses caras comem e aquele sucateiro, que puxa a carroça o dia todo, paga. É muito triste. Mas afinal, estamos no Brasil.

  7. Interpretações, suposições e outros quem sabe !!! PQP, isso é que é vontade de aparecer ou, quem poderá saber, de inventar.

  8. Temer tem apoio das FFAA e só se mantém no poder porque tirá-lo agora seria para colocar alguém ainda pior. Que pese o fato de ser um bandidão, está sendo útil para reverter algumas armadilhas plantadas na (indi)gestão Lula/Dilma.
    Se parar de pisar em cascas de banana jogadas pelos petistas (renca, trabalho escravo, etc) e LER TUDO antes de assinar, é capaz de no fim ainda ser reconhecido como um estadista (ainda que tenha que passar uns anos na cadeia por desvio de dinheiro e outras coisas).

  9. 200 milhões ou mais de habitantes no Brasil e ainda não fizeram nada?

    Como é possível uma pessoa f0d3r a vida de 220 milhões de pessoas e ninguem toma uma atitude.

    È 200 milhões x 1, a ciencia não explica isso.

  10. Falar em general, e a proposta da previdência do militares, o Meireles, o Mansueto e o Caetano ainda não tiveram tempo para fazer ?
    Afinal, coronéis se aposentam antes do 50 !

    1. FDP é tu palhaço !
      O Meireles disse, lá em janeiro, que logo seria enviada a proposta dos militares.
      Não tenho culpa se tua mãe tá na zona.
      É uma atividade honesta.

Os comentários para essa notícia foram encerrados.