O acarajé internacional da Odebrecht

O Antagonista confirmou que a funcionária da Odebrecht presa hoje em Salvador pela Polícia Federal é Angela Palmeira, secretária responsável pelos pagamentos internacionais de acarajés (propina) a pedido do “italiano” Fernando Migliaccio.

Palmeira, que trabalha há 38 anos no grupo empresarial, foi entregue pela colega de trabalho Maria Lúcia Tavares, a outra secretária que pagava os acarajés no Brasil e tratava diretamente com Mônica Moura, a Dona Xepa.

Faça o primeiro comentário