O acordo que permitiu a aprovação do crédito extra

Após reunião no Palácio do Planalto, a deputada Joice Hasselman, líder do governo no Congresso, conseguiu garantir o seguinte para que a oposição não obstruísse a votação do projeto que libera crédito extra de 248 bilhões de reais ao Executivo:

— 1 bilhão de reais para obras do Minha Casa, Minha Vida, por meio de portaria;

— 550 milhões de reais (em duas parcelas) para as obras de transposição do Rio São Francisco;

— 1 bilhão de reais, inicialmente, para a educação, impedindo a paralisação das universidades;

— 330 milhões para bolsas e pesquisas ligadas ao Ministério de Ciência e Tecnologia.

Joice quis deixar claro que as conversas foram “boas e republicanas”.

Comentários

  • Eliezer -

    Iniciado o toma-lá dá cá oficial neste governo! Que M* de país viu.

  • OBSERVADOR🇧🇷 -

    De Quatro

  • Silvio -

    É assim que se trabalha. Joyce está de parabéns, mas tem bolsominion que vai xingar ela pois gostariam de uma ditadura imperial e não suportam a democracia com seus 3 poderes.

Ler 16 comentários