O AI-5 de Aroldo Cedraz

Ontem, noticiamos que o clipping do TCU censurava O Antagonista.

Hoje, fomos informados de que, no clipping do tribunal, não há absolutamente nenhuma notícia, de qualquer jornal, que cite Aroldo Cedraz e o movimento para que ele não seja reconduzido à presidência do tribunal.

Para manter-se no cargo e, assim, proteger o filho Tiago, acusado de negociar sentenças dentro do tribunal, Aroldo Cedraz editou um AI-5 dentro do TCU.