O “amigo do Lula” nunca foi “amigo do Lula”

José Carlos Bumlai disse que não quer ser tratado como “amigo do Lula”.

Ele tem razão.

Seus negócios imobiliários em São Bernardo do Campo mostram que a Lava Jato deve investigá-lo como “operador do Lula”, ou “empregado do Lula”, ou “tesoureiro do Lula”.

Faça o primeiro comentário