O antagonista Ilan

Ao assumir a presidência do Banco Central, em junho de 2016, o economista Ilan Goldfajn encontrou uma inflação de 8,9% ao ano, bem acima do teto da meta, de 6,5%.

Hoje, registra o Estadão, a inflação perdeu força e fechou 2017 em 2,95%, abaixo do piso da meta, fixado em 3%, pela primeira vez em quase 20 anos.

Leia este trecho da reportagem:

“No início de sua gestão, executivos do mercado chamaram Goldfajn de ‘conservador’ e criticaram a demora do Banco Central em cortar os juros, diante do cenário recessivo e da fraca demanda existente na época. Ele acreditava que era melhor ‘ancorar’ as expectativas antes de começar a reduzir os juros. De novo, manteve a sua posição e mais uma vez se deu bem. A inflação teve uma forte queda e o BC pôde, então, realizar uma política gradual de corte das taxas, cujos efeitos positivos se revelam agora em toda a sua extensão.

‘Em política econômica, o ingrediente de confiança é fundamental. É importante passar para o mercado que você não vai fazer loucura, que tem uma visão de longo prazo’, afirma Goldfajn. ‘O nível de atividade estava fraco, mas a gente foi cauteloso e preferiu ancorar as expectativas antes de começar a flexibilizar os juros. No final, isso ajudou a quebrar a espinha da inflação e fechamos 2017 com um crescimento de cerca de 1%, quando se achava que seria de 0,5%.’

Segundo quem conviveu com ele ao longo de sua carreira, Goldfajn se coloca com frequência como uma espécie de ‘antagonista’ das visões predominantes entre os analistas.”

Muito bem, Ilan. Antagonizar é preciso.

Comentários

  • Coxinha.. -

    Inflação virtual de 3% e inflação real maior que 16%, somente o combustível e o gaz já subiram mais de 15% e como tudo é indexado a energia pode se pensar que a inflação anunciada é igual a contagem de votos da urna eletrônica, ou seja, fraude!!!

  • Fato -

    Estes 3% ainda não chegaram a nenhum supermercado perto da minha casa. Só chegou para os especuladores da bolsa...

  • fazem -

    Bolsonaristas: toscos. Lula: Apedeuta. Carminha: heroína. ° Odiar Sra. Doutora Carminha do STF é mole! Os BOLSONARISTAS fazem isso fácil, fácil! Sempre entravam aqui em O Antagonista para malhar a Carminha. º Pois é…, Podem comprar a Revista picaretaça dessa semana, a “Carta Capital”… Carminha está — em close-up! — na capa da Revista “Carta Capital”, de hoje! A Revista diz na manchete da capa o seguinte: que Drª Carminha “fez INJUSTIÇA”. º Hi, Hi, Hi! Todo Bolsonarista dá a mão ao PT sem nem ao menos saber. Como é tosco o que Bolsonaristas escrevem. São grotões & ingênuos. ° BOLSONARISTAS puxam saco do barangão e Kitsch PT sem nem mesmo notarem: falam mal de Drª. Carminha sem sequer PENSAR a respeito! Dão a mão à revista hiper embusteira “CartaCapital”.

Ler 49 comentários