O "apreço" de Haddad às Forças Armadas

Telegram

Questionado sobre as conversas de petistas com as Forças Armadas, Fernando Haddad disse hoje que conversou pessoalmente com o comandante do Exército, general Villas Bôas.

“Quem está fazendo a interlocução é a presidente Gleisi [Hoffmann] e eu mesmo. Eu fui já ao encontro do comandante Villas Bôas e tivemos uma conversa de duas horas sobre democracia. Eu fiz questão de enfatizar para ele que para nós é ponto de honra garantir a soberania popular. Nós entendemos que soberania nacional e soberania popular são duas faces da mesma moeda. Não vamos ter um Brasil forte com um povo sem direitos. Defender os direitos do povo é defender a soberania nacional.”

E mais:

O FIM DOS AMIGOS DA ONÇA NO PLANALTO. LEIA AQUI

“Ele [Villas Bôas] compreendeu a mensagem que eu transmiti a ele de apreço às Forças Armadas, de respeito às forças armadas, mas de princípios. Não é possível defender o Brasil sem defender os direitos da população.”

Faltou dizer que não é possível defender o Brasil, a democracia e a soberania popular com mensalão, petrolão e financimento de ditaduras socialistas com dinheiro do povo.

Comentários

  • ana -

    Soberania popular, para eles, é passar por cima do Congresso e ouvir movimentos sociais.

  • Antonino -

    O ouvido do Villas Boas virou penico agora???

  • Ronaldo -

    Não dependemos de comunistas pra defender nossos direitos. Nós mesmos defendemos. Tudo que um petista fala é mentira.

Ler 89 comentários