Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

O Ás de Aras

O Ás de Aras
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A decisão de Augusto Aras de abrir uma apuração preliminar sobre a conduta de Jair Bolsonaro na pandemia é sintomática.

Há meses, o PGR tem se incomodado com o protagonismo de sua auxiliar Lindôra Araújo, cada vez mais próxima do clã Bolsonaro.

O nome de Lindôra passou a circular, inclusive, como possível candidata a substituir Aras em setembro.

E o PGR já entendeu que suas chances de ir para a vaga de Marco Aurélio Mello são próximas de zero, pois Bolsonaro precisa satisfazer os evangélicos com um nome próprio.

Ter uma carta na manga para situações emergenciais é uma estratégia comum em Brasília.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO