O aventureiro lulista

O porta-voz de Lula, André Singer, resolveu escolher o candidato do PSDB em 2018.

Em sua coluna na Folha de S. Paulo, ele disse que os tucanos podem candidatar qualquer um – exceto João Doria.

Leia un trecho:

“A ascensão de João Doria no PSDB é sinal do desespero que tomou conta dos partidos tradicionais. Diante da aniquilação que a Lava Jato vem produzindo, surge todo tipo de ideias bizarras, sonhos pueris e ambições midiáticas. A destruição partidária pode levar o Brasil a cronificar a instabilidade deflagrada com o impeachment de Dilma Rousseff (…).

É verdade que PSDB e PT encontram-se numa tremenda encalacrada, assim como tudo o que foi construído desde a redemocratização. Tendo se envolvido, ao que parece, no sistema corrupto de financiamento político vigente a partir de 1945, os irmãos-adversários podem acabar ambos tragados pela Lava Jato. Mas se buscarem atalhos em lugar de uma renovação profunda, aí, sim, a porta será aberta para aventuras que nunca terminam bem”.

Para André Singer, as únicas aventuras que terminam bem são aquelas em que o PT vence.

Faça o primeiro comentário