O balanço das flechas de Janot

Entre processos da Lava Jato e desdobramentos, Rodrigo Janot pediu a abertura de mais de uma centena de inquéritos e apresentou dezenas de denúncias, registra O Globo.

“As ações penais abertas chegam a seis. Os investigados fazem parte de todos os grandes partidos e, frequentemente, integram a cúpula de suas agremiações. Mas nem toda flechada foi certeira. Em 15 inquéritos, Janot foi obrigado a pedir o arquivamento por falta de provas. Desses, 13 já foram arquivados e dois esperam decisão do STF. Outros inquéritos seguem em ritmo lento.”

Desde 1º de julho, quando o PGR usou a frase de efeito “Enquanto houver bambu, vai ter flecha”, ele apresentou sete denúncias no STF relativas a processos da Lava Jato.

Entre os alvos: Michel Temer, Lula e Dilma Rousseff.

 

Comentários

  • Marcos -

    Janot, já vai tarde, ta tinha que ter ido, não vai deixar saudades para mim. Adeus, nunca mais volte a PGR, você foi uma lastima aquela instituição.

  • Alberto -

    Mediocre. Em suma: uma fábrica de fumaça. Deixa como legado o ensinamento sobre o que não ser.

  • Arthur, -

    TÁ BOM DEMAIS, em um país de gente MAL CARÁTER que defende um MAFIOSO como Temer, só do fato de ter aberto alguns inquéritos contra a CÚPULA política, já fez seu papel de CIDADÃO. a MORAL de JANOT é BEM MELHOR do que estes PIVETES MAVs do Drácula, que se venderam por promessas de 'pibitinhos e reforminhas'.

Ler 28 comentários