O balé de Haddad

Fernando Haddad dançou.

A Folha de S. Paulo revela que sua gestão “distribuiu 49,1 milhões de reais para grupos de dança por meio de concursos nos quais muitos dos jurados pertenciam às mesmas cooperativas artísticas dos principais premiados.

Na prática, as entidades julgavam a si mesmas”.

Dois grupos abocanharam 61% do total de recursos destinados ao Programa de Fomento à Dança: a Cooperativa Paulista de Dança e a Cooperativa Paulista de Teatro.

“Ao longo dos anos”, diz a reportagem, “as duas cooperativas foram praticamente as únicas a serem convidadas pela Secretaria Municipal da Cultura a integrar os comitês julgadores, formados por sete pessoas”.

Pior ainda:

“Não havia convocação pública no Diário Oficial do município nem no site da prefeitura. Os convites às entidades eram feitos por e-mail.

Das 24 pessoas selecionadas entre os artistas para integrar as comissões, 19 eram das duas cooperativas. Outras três foram indicadas pelo movimento ‘A Dança se Move’, que foi criado sob influência da cooperativa de dança e nem tem registro formal.”

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 54 comentários
  1. Um bando de canalhas tomou conta do estado brasileiro, em todos os níveis, nos três poderes. Ministérios, tribunais, secretarias de estados, empresas públicas, bancos oficiais, prefeituras, setores, programas sociais e culturais, etc, etc, etc… É desanimador. Não há um só nicho onde não haja uma maranha. O pior é que as autoridades e servidores envolvidos estão convencidos de que tudo podem, e tudo que decidirem é normal. A sociedade que aceite, por bem ou por mal, e se mantenha à disposição dos que mandam.

    1. E aqui em Belo Horizonte!
      Só fede (mesmo com chuva). Impregnou…
      Usou-se 5.000 litros de desinfetante.
      Por volta de 1.000 faxineiros tiveram que limpar.
      A limpeza da Praça da Estação foi feita ontem.

      Além de limpar, precisou-se:
      esfregar, lavar, desinfetar, purgar, borrifar, depurar, assear,
      esterilizar e jogar muita água; muita mesma.

      Trabalharam ininterruptamente 1.000 homens!

      O cheiro fétido insurportável de mortadela rançosa que se impregnou na praça da Estação era enorme.

      Os transeuntes não estavam aguentando, mesmo depois de 48 horas após a Caravana do Lula passar pela cidade. Uma fedentina putrefata horrorosa de mortadela.
      O bodum repugnante entranhado.
      Esse cheiro pestilencial deve ter saído da pele das pessoas presentes: mortadela.

  2. O Paulo Maluff disse que a prefeitura começou ficar sem capacidade de investir quando a Marta e seus secretário de finanças Fernando Haddad criaram as subprefeituras para empregar a companheirada da mesma forma que o Lula criou os 21 ministérios. O Fernando Haddad como prefeito “inovou” de novo. Deixou um rombo de 7,5 bilhões de reais sem fazer absolutamente nada pela cidade fora umas ciclovias feitas exclusivamente para atrapalhar o trânsito e saca near os paulistanos. O Doria até agora não teve coragem de extinguir as ciclovias. O “balé”é só uma amostra. Sigam o dinheiro, aonde foi parar o restante dos bilhões.

  3. PT em BH:
    A limpeza da Praça da Estação foi feita ontem.
    Por volta de 1000 faxineiros tiveram que limpar, esfregar, lavar, desinfetar, purgar, borrifar, depurar, assear, esterilizar e jogar muita água; muita mesma. Trabalharam ininterruptamente. Usou se 5000 litros de desinfetante.
    O cheiro fétido insurportável de mortadela rançosa que se impregnou na praça da Estação era enorme. Os transeuntes não estavam aguentando, mesmo depois de 48 horas após a Caravana do Lula passar pela cidade. Uma fedentina putrefata horrorosa de mortadela.

    Repugnante o bodum entranhado. Esse cheiro pestilencial deve ter saído da pele das pessoas presentes. O problema é que impregnou e embebeu toda a praça de um cheiro bolorento do próprio bafo do demônio, por dias!

  4. 49 milhões aos mortadelas dançantes…e o paulistano paga o mais caro IPTU do planeta….e mesmo assim duvido que o Malddad vai dançar… aqui quem dança é quem não tem dinheiro para o advogado e para o juiz.. ai dança miudinho…e vai parar na penitenciaria do Alckmim…

  5. É um escândalo. Sabe o que vai acontecer? Nada. Esse é modo de funcionamento da cultura brasileira administrada da esquerda a direita. Qualquer secretaria de cultura funciona dessa forma. Tudo aos amigos dos reis. É por isso que os dados da nossa cultura são lastimáveis. A grande maioria da população não lê, não vai em exposições de arte, não assiste espetáculos de artes cênicas, nem mesmo paga um ingresso de cinema, e por ai vai… São dados do próprio MinC. #VdeVexame #VdeVergonha Aliás, o Antagonista pode fazer uma reportagem sobre isso, mas se preparem pois virá tanta sujeira e sordidez a tona que será difícil não ficarem com enjôo.

    1. Pode até ser que aconteça o mesmo com a direita. A questão é que este país de quinta categoria é governado pela esquerda desde 1985. Se compararmos os períodos, veremos que regredimos terrivelmente.

  6. Há ONGs idôneas, que fazem seu trabalho social com seriedade e independência.
    É fácil reconhece-las: basta checar nos cadastros de doações e ver que recebem migalhas do poder público !
    Já as entidades corruptas como essas e tantas outras espalhadas pelo Brasil também são fáceis de encontrar, mas pelos motivos opostos : são verdadeiros magnetos de dinheiro público, recebendo milhões para realizar tarefas ridículas e sem a menor importância.
    Se o MPF e a PF quiserem encontrá-las, basta pôr em ação o lema do jornalismo investigativo : “follow the money”.

    1. Desculpe corrigí lo : lulo-pesteísta ou lulo-petralha.

      O Encantador de Asnos e seus postes amestrados para R ou Bar…

  7. O PT lembra uma montanha de estrume de vaca, já meio ressecada, com moscas (os petistas) em volta e, se você mexer ou revolver, o cheiro é insuportável. O pior é que o monte precisa ser remexido, eliminado e o local sanitizado, para que o país tenha chance de dar certo. Com Lula, Dilma, Vicente Cândido, Vaccarezza, Gleisi, Lindberg, Paulo Bernardo e tantos outros picaretas do PT que dominam a cena política, a chance é próxima de zero. Se uma lavoura foi atacada por tiririca – erva daninha que cria um bulbo só eliminado com produtos químicos fortíssimos como Round-Up – o petismo é a versão mais poderosa que a Tiririca. O PT é a Tiririca Dois-Ponto-Zero. Não há inseticida ou Lava Jato que elimine a praga. Nesta semana, alguns militantes do PT destruíram uma fazenda, provocando um prejuízo de 65 milhões de reais. 65 milhões! Agora pensemos na família japonesa proprietária da fazenda na Bahia. Qual é o ânimo que eles têm para continuar no Brasil? Qual é a disposição que um cidadão decente tem para seguir vivendo nesse prostíbulo? Certo está Diogo Mainardi, que vive no Canal Grande há 15 anos ou mais. Lá não tem PT nem tiririca.

  8. E agora? Cadê os artistas “famosos” para reclamar do desvio de dinheiro público disfarçado de investimento na cultura? Cadê o cantor famoso, contra o apadrinhamento arcaico dos coronéis da cultura?

  9. É por esse tipo de coisa que os “”””artistas”””” se desesperam sempre que se fala sobre alguma Secretaria Municipal, Estadual ou do Ministério da Cultura. Essa turma não consegue atravessar uma rua sem dinheiro público.
    A única participação do Estado na cultura deveria ser uma secretaria de cultura dentro do Min. da Educação para estimular atividades culturais nas escolas, trabalhando em parceria com as Sec. de Educação dos estados e munícipios, além da conservação de prédios históricos, acervos etc., mas pra isso existe o Iphan.
    Indústria cultural, show business, e quem quer fazer parte dele, tem que caminhar com as próprias pernas, não tem que ter dinheiro público nisso.
    Ministério da Cultura, Sec. Estaduais e Municipais de Cultura não deveriam nem existir.

  10. Os projetos de incentivo a cultura Lei Rouanet, foram defendidos pelos meliantes porque tem interesse, e muitos daqui os apoiaram em DEFESA E INCENTIVO A CULTURA na verdade CULTURA DO ROUBO.

  11. Eu tinha certeza que Eduardo Paes estava na gigantesca roubalheira aos cofres públicos do Rio de Janeiro. Pra fazer uma piada fraca, com tanta gente roubando por lá, o Rio que é de Janeiro não chegará em fevereiro… O Rio lembrará sempre a maldição sobre a criação da cidade. Deus teria caprichado demais na beleza e exuberância do Rio, mas teria também feito a profecia “vocês vão ver o povinho que eu vou botar lá”. Parece que a profecia se confirmou inteiramente. O Rio foi governado, na sequência, por Anthony Garotinho, Benedita da Silva, Rosinha Garotinho, Sérgio Cabral 2 vezes e Pezão mais 2 vezes. Não é à toa que a cidade virou pó, pó este controlado por milícias e cartéis de drogas nos morros. Sempre gostei de ir ao Rio, onde me divertia bastante com minha mulher, seja andando tranquilamente por Ipanema e Leblon ou caminhando mais velozmente pela praia, parando pra tomar uma água de côco, saboreando a paisagem magnífica e me divertindo com os tipos que via por ali. Sou do tempo em que só existia um local pra se comer decentemente: era uma porcaria chamada La Mole! E mesmo assim eu adorava o Rio. Adorava, porque desde 2007 não vou mais lá, pois não sou (completamente) louco.

    1. Puxa, cara, também conheci esse Rio magnífico e tenho boas lembranças!
      Também faz mais de uma década que não piso no Rio, porque também não sou louco!
      O Rio, assim como Porto Alegre, foi destruido pela política e um por um povinho de quinta que não enxerga nada!
      Lamentável!

    2. Sou de São Paulo…Eu conheci e frequentei o Rio de Janeiro de 1982 até 1985…Ficávamos próximos ao Itanhangá Golf Club…Acampados nos saudosos e “quentes” Igloo Inn…Bons tempos aquele…
      Pena que a migração sem controle de nordestinos e nortistas e a favelização orquestrada por políticos populistas transformaram o Rio de Janeiro no que vemos hoje…Terra de ninguém…

  12. Analisando friamente o que vem acontecendo é hora de deixarmos de sermos levados a crer que, esquerda/direita/centro são diferentes, na união que agora vemos para livrarem.se de condenações da Lava.Jato, a tal “ideologia” está na sola do pé. A prova? Lula perdoando os tais “golpistas”, já não acredito que dentro do “estado democrático de direito”(ENGABELAÇÃO) alguém da casta será punido.

    1. Bolsonaro está sozinho contra toda a esquerda que assumiu em 85. É o tostão contra os milhões da esquerda

  13. O Brasil é o país da P.uT.aria Geral, tudo é arranjado nas coxas!
    Quando se pensa que toda a sacanagem ja foi feita, lá vem mais um detalhe escabroso.
    No Brasil, o marquês de Sade não teria vez, por ser muito ingênuo.

  14. O Brasil está podre.
    A corrupção está impregnada em todas as instituições públicas, de uma autarquia até o STF, passando por funcionários públicos que, malandramente, brigam contra a reforma da previdência.
    Feliz daquelas pessoas que podem ir embora deste esgoto a céu aberto chamado Brasil.

  15. Haddad. Esse foi o ministro da educação. Inúmeras polêmicas desde a cartilha gay para crianças de 6 anos até a queima de inúmeros livros com erros de ortografia e gramática. E ainda tem gente que colocou ele como prefeito de SP. E ainda tem gente que quer colocá-lo como presidente da república.
    Esse país merece mesmo a m.erda quentinha que come enrolada no papel alumínio.

  16. Acho que temos uma das piores – e mais mamadoras – classe artistica do mundo. Os caras parasitam mais o poder publico do que os proprios politicos, é impressionante. Tirando um raio-x de qualquer cofre publico dessepaiz, la aparece um artista agarrado com toda força. Dizem que ate alguns sertanejos que faturam milhoes mamam nessa te_ta generosa.

  17. Mais uma da série “Só tem no Brasil”: aqui jornalistas não desconfiam de nada! As jornalistas Ticiana Villas (muito) Boas, Márcia Peltier e Cláudia Cruz nunca ouviram falar, nem de longe, das enormes falcatruas de seus maridos. As moçoilas são ou foram casadas respectivamente com os criminosos Joesley Batista, Carlos Nuzman e Eduardo Cunha. Tá bom ou quer mais? Imagine você ser casado com Gleisi Hoffmann (toc toc toc) e não saber nada sobre propina ou atividades extra-conjugais de sua parceira? Assim fica difícil. Caso dramático é o de Cláudia Cruz, essa sem vergonha que gastou milhões em lojas de Nova York, tudo dinheiro nosso! Cláudia deveria ser condenada a permanecer com os olhos esbugalhados – seu traço principal – até o fim de seus dias e nós vamos continuar por aqui, nos contorcendo de raiva dessas oportunistas sem caráter ou vergonha na cara. Só o Brasil tem jornalistas dessa qualidade. Além das gastadoras de dinheiro público (roubado pelo marido), há grande quantidade delas na UOL.

  18. Este é um país onde as riquezas produzidas pelo suor da parte trabalhadora e honesta é saqueada pelos bandidos parasitas agarrados nas tetas do estado e pelos ladrões transvestidos de homens públicos eternamente impunes.

    1. Perfeita colocação, infelizmente não apareceu até o momento um brasileiro capaz de liderar uma mudança. Nenhum honesto quer entrar na política que virou sinônimo de safadeza, isto é muito ruim, tudo depende da política.