"O bolsonarismo, como movimento, fracassou"

“O bolsonarismo, como movimento, fracassou”
Foto: Marcos Corrêa/PR

O cientista político Márcio Coimbra, que chegou a assumir uma diretoria da Apex no início do governo Bolsonaro, escreveu no Estadão que “Jair Bolsonaro saiu combalido das eleições municipais”.

“O bolsonarismo, como movimento, fracassou, tantos nos pleitos majoritários, como nos proporcionais. O eleitorado mostrou que está cansado do discurso antipolítico, dos outsiders, da polarização e da guerra de narrativas”, acrescentou.

E mais:

“A falta de resultados reais e uma gestão caótica da pandemia acabaram por levar o eleitor a fazer as pazes com a política depois do rompimento começado em 2016 e concretizado em 2018.”

Para Coimbra, “o tempo é de reconciliação.”

Leia mais: A revista que fiscaliza TODOS os poderes e conta com os melhores colunistas do Brasil.
Mais notícias
TOPO