O Brasil bananeiro das vacinas

O Brasil bananeiro das vacinas
Foto: x3/Pixabay

A presidente da Interfarma, Elizabeth Carvalhaes, que representa a Pfizer e a Johnson & Johnson, disse para a Folha de S. Paulo que o Brasil deveria, “como todo o mundo ocidental”, aceitar os critérios estabelecidos pelos laboratórios para a compra das vacinas.

De fato, todo o mundo ocidental comprou as vacinas da Pfizer e da Johnson & Johnson, mas o Brasil preferiu seguir a Argentina e a Venezuela no mundo bananeiro.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO