O Brasil e as trevas

É claro que ninguém se importa com a queda de 7,74% da Braskem na Bolsa de Valores, ou com a queda de 7,17% da CSN. A Braskem que se dane, e junto com ela a CSN. 

Mas o efeito do apagão sobre a indústria – em particular a petroquímica e a siderúrgica – não é uma questão pontual, que se resolve com uma chuva.

O que ocorre no Brasil – e é sempre complicado, nesses casos, não parecer excessivamente retórico – é o desmoronamento de todas as fantasias a respeito do futuro do país. Não se trata apenas de falta de energia elétrica ou de água. O Brasil está percebendo, muito rapidamente, que chegou a hora de pagar por todos os seus erros. E de uma só vez. 


A roda da fortuna virou

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200