O Brasil é do PT

Uma história exemplar.

Duas chapas concorrem hoje à presidência da OAB-SP. Uma acusa a outra de ser ligada ao PT.

Marcos da Costa, candidato à presidência na chapa da situação, é aliado de Luiz Flávio Borges D’Urso, advogado de João Vaccari Neto.

Ele disse à Folha de S. Paulo:

“Eu nem conheço [Vaccari], nunca tive contato. O D’Urso é profissional, é advogado dele. Lamento que isso ocorra na eleição da OAB”.

Seu adversário, Ricardo Sayeg, candidado da oposição, tem em sua chapa Valeska Teixeira Martins, mulher do advogado de Lulinhazinho e, mais importante, filha de Roberto Teixeira, velho parceiro de Lula.

Ele também nega qualquer ligação com o PT:

“Vejo isso com repúdio, e atribuo à minha condição de liderar a oposição e ser a real ameaça à ruptura desse continuísmo”.

Evidentemente, ambos são ligados ao PT. Mas preferem esconder esse fato.

O Brasil se tornou uma disputa entre duas facções do PT. O Brasil acabou.