“Tenho que acertar em cheio”

Ilimar Franco, em O Globo, informa que Michel Temer se prepara para anunciar todos os ministros no dia do afastamento de Dilma.

Se não for possível, pretende se concentrar na área econômica: Fazenda, Banco Central e Planejamento.

“Tenho que acertar em cheio”, disse Temer.

11 comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200

  1. Eunício Oliveira fez uma jogada de mestre ontem no Senado, se posicionando contra a Anatel, a questão da limitação da internet tem unido coxinhas e mortadelas no Twitter que gostaram muitíssimo do apoio, e de cara ele arrebanhou outros senadores, ponto pra ele! Podem começar a pensar num novo nome para a agência, Antagonistas, deve ter muito pixuleco rolando nas comunicações, nada mais explica a exploração do consumidor…

  2. “A educação faz um povo fácil de ser libertado, mas difícil de ser dirigido; fácil de ser governado, mas impossível de ser escravizado.” (Henry PETER) Conclusão: aqui, por enquanto, JÁ somos capazes de fazer o “O” com o copo!

  3. O Eunício Oliveira, “deve” um paro cravo outro pra rosa: Cacique do Forte Apache do PMDB, “deve” para Dilma a posse de seu genro na direção da ANAC, e a fidelidade partidária ao Temer. Como o PMDB é só fisiologismo, penso que na hora H, ele fica com quem vai ganhar. Haja estômago para aguentar essa digestão.

  4. Sei não, mas esse tal de Eunicio não é nada confiável. Aliás juntar eunicio + renan + lewandowski não pode dar boa coisa. O que eles querem, sem exceção, é melar tudo. Essa turma não tem limites. Estão com o lulalixo até debaixo d”água. Fiquemos de olhos e ouvidos bem abertos.

  5. O cerco a Dilma se fecha. Presidência e relatoria já manifestaram posição a favor do impeachment, junto com mais 8 senadores até agora indicados. Na comissão do Senado, Dilma tem apenas 5 dos 21 senadores com ela. Talvez consiga mais um ou dois. Talvez.

  6. A liderança do PMDB no Senado es†á se saindo igualzinho ao da Câmara. No primeiro, o Cunha enrolado até o pescoço com ilícitos. O segundo, Renan e Lira, suspeitos de envolvimento com o Petrolão. Haja Rivotril !