O butim repartido entre Collor e o PT

Nestor Cerveró, além de denunciar o mensalão de Fernando Collor, que recebia pagamentos mensais do esquema de propina da BR Distribuidora, revelou também, de acordo com o documento reproduzido pelo Estadão, algo ainda mais importante: Fernando Collor “não arrecadava para o partido, mas para ele mesmo”.

Lula e Dilma Rousseff não entregaram metade da BR Distribuidora a Collor para comprar o apoio político do PTB, portanto. Eles a entregaram para fazer parte do mesmo esquema e repartir o butim com o PT.

Faça o primeiro comentário