O caixa dos petistas

José Carlos Bumlai socorreu Laerte Demarchi a mando de Lula?

Foi uma das perguntas que fizemos.

Laerte Demarchi é amigo de Lula. Foi ele que sugeriu o lema “Lulinha paz e amor”. Foi ele também que indicou o nome de Ricardo Lewandowski para o STF.

A Época, porém, descobriu mais uma coisa.

O Coaf detectou um pagamento atípico de 350 mil reais da empresa de Lula, a Lils, para a empresa do filho de Laerte Demarchi.

Lula repassou dinheiro para o amigo, portanto, em outras oportunidades.

O episódio envolvendo Lula, José Carlos Bumlai, Laerte Demarchi e Carlos Cortegoso é minúsculo se comparado à rapina na Petrobras.

Mas ele pode revelar qual é o verdadeiro papel de José Carlos Bumlai nos negócios de Lula. E pode revelar igualmente que o dinheiro é um só – ele passa das estatais para as empresas pagadoras de propina, das empresas pagadoras de propina para as campanha eleitorais e das campanhas eleitorais para o caixa particular dos petistas.