O CAMINHO DO DINHEIRO ATÉ EDINHO SILVA

Mais importante do que verificar a inexistência da empresa DCO Informática é a revelação de que seu proprietário, Dario Cândido de Oliveira, subcontratou a 2K Comunicações para “fazer os envios e geração de relatórios” da guerrilha virtual da campanha de Dilma.

A 2K Comunicações pertence a Keffin Gracher, homem de confiança de Edinho Silva. Se a DCO recebeu R$ 4,8 milhões da campanha de Dilma e repassou parte do valor para a 2K de Gracher, isso significa que Edinho está mais encrencado do que nunca.