O câncer de D. Sebastião

O Financial Times, ontem, fez uma caricatura grotesca do Brasil. O que dizer? O Brasil merece. A propósito do boato de que Lula estaria novamente com câncer, difundido pelo UOL, o blog Beyond Brics, do Financial Times, comentou que, menos de uma semana depois da posse de Dilma, já estamos pensando em seu sucessor, na patética esperança de que ele possa trazer de volta “os bons velhos tempos”. 

Segundo o Financial Times, Lula é visto pelos brasileiros como o novo D. Sebastião, que ressuscitará para salvar o país e fazê-lo cumprir seu destino. O jornal não cita Antônio Conselheiro, o maior exemplo de sebastianismo no Brasil, mas é claro que, na versão petista de Canudos, nós somos aquela “gente ínfima e suspeita, avessa ao trabalho, farândola de vencidos da vida, vezada à mândria e à rapina”, conforme o relato de Euclides da Cunha. 

De Canudos, não sobrou nada. É preciso ver se sobrará algo do Brasil.