O candidato da Casa Grande

Leonardo Picciani está em campanha aberta para tomar o lugar de Eduardo Cunha na presidência da Câmara.

Seu pai, acusado de explorar trabalho escravo em suas fazendas, ontem à tarde foi à Casa Grande para tratar do assunto com Dilma Rousseff, Ricardo Berzoini e Valdemar Costa Neto.

Uma gente honrada, como diz Fernando Henrique Cardoso.

Faça o primeiro comentário