“O cara fez cagada, mas isso cabe ao Senado”

Jorginho Mello, líder do PL no Senado, também não concorda com o afastamento de Chico Rodrigues determinado pelo ministro Luís Roberto Barroso, do STF. Ele disse à Folha:

“O Supremo tem de ficar na dele porque ele não é o dono do mundo. O cara [Rodrigues] fez cagada, fez, mas precisamos apurar e isso cabe ao Senado”, afirmou.

“O Davi [Alcolumbre] precisa falar conosco sobre isso. Não pode ficar calado assim.”

Leia mais: Combo Crusoé e O Antagonista+: comece a ler por apenas R$ 1,90
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 94 comentários
TOPO