O Carnaval de Cerveró

Nestor Cerveró quer proibir as máscaras de Carnaval com seu rosto. Seus advogados telefonaram para a Condal, a maior fábrica de máscaras do Brasil, e ameaçaram processá-la. A ameaça deu certo. A dona da Condal disse para O Globo que, atemorizada, desistiu de reproduzir o rosto de Cerveró. Ela vai se concentrar, agora, nas máscaras de Graça Foster, a mais pedida para este ano. 

O Antagonista sugere que os leitores confeccionem suas próprias máscaras de Cerveró, ampliando e recortando o modelo abaixo: 

O fundamental é manter o dedo na orelha.

Faça o primeiro comentário