O celular atômico

A Crusoé publica uma reportagem sobre a heterodoxa operação de bastidores para evitar que PF e MPF tivessem acesso às mensagens do telefone de Francisco de Assis, o poderoso executivo da JBS que cuidava dos interesses do grupo no Judiciário.

Ele mantinha relacionamento com magistrados de diferentes instâncias, inclusive de tribunais superiores. Gozava de bom trânsito, por exemplo, com o círculo mais próximo do ministro Gilmar Mendes, do STF. Uma de suas interlocutoras diletas na capital era Dalide Corrêa, espécie de faz-tudo de Gilmar que acabou afastada do entorno do ministro justamente após a JBS cair em desgraça.

Leia a reportagem completa aqui.

A próxima fronteira da Lava Jato: o Judiciário. Confira aqui

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 58 comentários
    1. Em relação a ele e aos outros… Perderam a noção de limites! Se acham donos do país, querem decidir pelo povo sem jamais terem sido eleitos para representá-lo! Aliás, nem os eleitos p isso o f

  1. Judiciário brasileiro hoje não tem respeito algum no Brasil, se pá nem nas instâncias inferiores. Acabou aquele respeito e admiração dos brasileiros nos anos 90 e 00. Agora estamos numa era anti

  2. Todas a instituições do Poder estavam podres até 2014, quando a Lava Jato jogou na cara dos Brasileiros as sujeiras do Legislativo e Executivo, Quando a corrupção chega nesse nível, nem o Judici

  3. Segundo divulgado, interceptações telefonicas são feitas junto as companhias. Então podem usar telefones satelitais, pous só uma empresa tem uma base no Brasil. Uma INMARSAT não tem.

  4. e onde está este celular? quem vai desbloquea-lo e decidir em cima dessas mensagens? Se for juiz “adevogado” esquerdalha ou vendido não presta, não chega nos autos. Vai pra latrina…

  5. Isso mostra o quanto o STF está corrompido. Mas para o Kojac e o Totóffoli o problema é quem critica. Por causa dessa reportagem a redação do antagonistas pode ser alvo do DOI-CODI-STF.

  6. O comportamento do Gilmar Mendes, sempre solícito para dar proteção a criminosos, levanta suspeitas de que ele seja remunerado para realizar atividade tão ignóbil e prejudicial para o oovo.

  7. Gilmar e Toffoli e todos os outros bandidos do Supremo sabem q o cerco está se fechando, o Povo todo está atrás , apoiando os Procuradores (juvenis…) e a Lava-Jato…!!! Corram o bicho vai pegar.

  8. Pelo que eu leio nos comentários me parece que os bolsominions vivem em estado constante de raiva. Interessante que a raiva é difusa, pode ser contra qualquer um. Acho que vocês precisam transar.

    1. Por que será que a grande imprensa reluta em divulgar essas bombas em um país sério a sra. Raquel Dodge, janot, Gilmar e os desembargadores seriam chamados a da explicações

    2. Cara, não sou bolsominion, mas também não sou burro. É ingênuo escrever um barro como este, é meigo. Cara, de quem estamos falando aqui? Bom, dá licença que vou dar uma transadinha.

    3. Não é raiva, é vigilância. O tempo dos otários que dizem amém a tudo e todos acabou. O termo “patrulha” é de certa forma bem empregado. É uma patrulha constante contra os desmandos.

  9. Quando roubar é um ato contumaz, absurdos acontecem. Na mente dos criminosos da nação, é um absurdo ser preso por receber “gorjetas”. Eles não conseguem nem perceber que são criminosos.

  10. Favorável que Temer seja preso, mas penso que foram atalhos demais para prendê-lo. Quando aceitou ser vice sabia que entrava em areia movediça que o tragou. O PT foi do MI para o BI (quase Trilhão

    1. Por isso, Azeitona, qd aqueles PeTralhas de Univesidades caminham em círculos, ajoelhados, cutucando e cheirando o brioco doutro à frente, posso estar incorrendo em crime. Ñ mais direi brioco; dire

  11. Aí estão os HC do “BEIÇOLA”, as manobras do REPROVADO, os acertos do CARECA, as falcatruas de LEWANDOCANA, as idas e vindas do AMARELÃO e os “entendimentos” ufff! do MAM ufff!