O “Centro” de Rodrigo Maia

O Antagonista lembra que, na abertura do Congresso Nacional do PCdoB, na quarta-feira (30), Rodrigo Maia (DEM-RJ) explicou a sua compreensão de “Centro”, termo noticiado neste domingo como novo nome do seu partido:

“O Centro não é ambiente onde se abre mão de ideias e princípios, o Centro é o espaço onde o PCdoB pode dialogar com o DEM, o DEM com o PT. As pessoas que pensam diferente têm capacidade de dialogar, todos queremos tirar o Brasil da crise. Temos que ter capacidade de ouvir mais que falar.”

Na sexta-feira, o Painel da Folha informou que Maia já tem em mãos um vídeo que também esboça qual será o ideário do DEM após a repaginação: justamente uma pregação contra o radicalismo e a polarização, em oposição a nomes como Lula e Bolsonaro.

No Brasil, no entanto, não só pela aversão disseminada pela esquerda ao diálogo com a direita, mas até pela quantidade ínfima de representantes da direita liberal e conservadora na política, o “Centro” costuma pender sempre mais para a esquerda, como o discurso de Maia no congresso comunista.

 

24 comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200

  1. E este é “Rodriguim Maia”, certo, Antagonistas? O cidadão que vocês torceram desesperadamente para virar presidente, mesmo tendo-o denunciado aqui como tendo recebido propina em abril, certo? Isto explica muito, tanto sobre “Rodriguim” quanto sobre vocês…

  2. Cheiro de ar podre, velho, encanado em Taquara rachada de bambu: este é o diagnóstico deste NOVO VELHO PARTIDO QUE JOGOU A CHANCE DE OURO PELA SUJEIRA DA CENTRO DE ESQUERDA!
    TRISTE DEM-TRISTE DEM!

  3. Centro? Tá mais pra centro espírita que convoca os mortos para conversar. Onde já ouvi mesmo isto? Diálogo? Com COMUNISTAS? Não obrigado!!! Podem chamar o msc. A única maneira de tirar o país da crise é expurgar completamente o estado da presença COMUNISTA!

  4. Um partido cujo nome já é politicamente correto NÃO TEM COMO DAR CERTO.
    Conversar com COMUNISTAS??? Então porque não conversar com NAZISTAS cujo regime matou menos que o comunismo?
    Maia não entende que o Brasil quer a DIREITA e OUTSIDER na veia. É a típica mania brasileira de copiar ou falsificar produtos: acham que vão fazer um MACRON tupiniquim? Triste fim do PFL -> DEM -> Centro -> Olho -> Do -> C…

  5. O Bolinha se acha importante, mas é só acabar o seu mandato na presidência da Câmara que ele volta para o anonimato. João Paulo Cunha, Marco Maia, Severino Cavalcanti, Waldir Maranhão..todos eles também se acharam importantes, e hoje falam para as paredes. O sucesso desses caras é como um pum.

  6. “Não se abre mão de ideias ou princípios “!!!!! Em outras palavras, não se divulga qualquer ideia ou posição sobre qualquer assunto! Cabem todos e tudo…talvez devessem chamar o partido de AMEBA!

  7. Paulo Hartung será o candidato a presidente pelo Centro. Maia foi ao ES acertar o passe do Governador. Só pra ter uma ideia do centrismo da nova estrela a se lançado ao Planalto pelo DEM, ele iniciou a carreira no PCB (partido comunista brasileiro), vagou pelo PMDB, PSDB e PSB (partido socialista brasileiro). Atualmente está de saída do PMDB para o DEM (Centro). Resta saber quem será o vice dele, será o Dória ou Caiado?

    1. Seu idiota, Caiado e Dória tem projeção nacional muito maior que a do Hartung! Por que um dos dois se submeteria a isso, quando poderiam facilmente se eleger aos governos de seus respectivos estados ou ter chances realistas de vingarem como cabeça de chapa presidencial???

  8. Vai enganar caraio, pois o contribuinte já está cansado. Aviso para os navegantes da Nova República que possui ou não mandato, podem mudar o nome do partido, o colégio eleitoral e até o próprio nome. Em 2018 haverá um tsunami de renovação no congresso, na presidÊncia, e nos governos estaduais além de uma enxurrada de votos nulos e abstenções, podem aguardar. Estamos com Moro e Bolsonaro…..

  9. Aprovada a cláusula de barreira, haverá um inchaço não só no DEM (ou seja lá que porcaria de nome ou cor). Teremos, ao invés de hum, vários PMDB’s.
    E vc que achava que poderia melhorar . . .