"O cidadão precisa da arma fora de casa"

O número de armas de fogo registradas no Brasil aumentou 10% depois do primeiro decreto de Jair Bolsonaro, segundo O Globo.

O segundo decreto, editado nesta semana, deve ter um efeito ainda maior.

Bene Barbosa, do Movimento Viva Brasil, disse:

“Vai ter uma corrida, porque esse decreto atende de fato ao cidadão, que precisa da arma fora de casa. Aliás, o momento de maior risco de ser atacado é quando a pessoa entra ou sai de sua residência. O decreto anterior foi muito superficial.”

Comentários

  • Regildo -

    Elementar, meu caro Watson!

  • Júlio -

    Para o cidadão de bem não ter arma é só desarmar os bandidos. Os bandidos não precisão de lei para ter arma e nos sim. Tem alguma coisa errada nesse país, e tem gente defendendo isso.

  • Carlos -

    O medo dos esquerdalhas é que bandidos sejam mais alvejados e o crime caia. Seria um "cala a boca" vergonhoso!

Ler 138 comentários