​O colecionador do Supremo

Marco Aurélio Mello tem em seu gabinete 1.426 pedidos de habeas corpus à espera de julgamento — o mais antigo é de 2008, informa o Estadão.

Ele é de longe o campeão da Casa, que tem outros 1.872 casos à espera de um milagre.

Faça o primeiro comentário