Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"O combate à pobreza se faz com a criação de riqueza, e não com a sua distribuição"

Em sua última coluna para a Folha de S. Paulo, João Amoêdo publicou um manifesto eleitoral do Partido Novo.

Ele disse:

“Chegou a hora. O Brasil precisa mudar. O Brasil precisa ser um país seguro, simples e livre, onde cada brasileiro possa chegar lá. Precisamos acabar com a miséria e melhorar a qualidade de vida de todo cidadão.

O país precisa crescer e para isso precisamos inovar em conceitos e atitudes.”

Alguns pontos citados por ele:

– Vamos trabalhar para termos uma sociedade próspera, que valorize o sucesso, e não o vitimismo.

– Vamos entender que não precisamos do Estado para ajudar o próximo. Só depende de nós fazer algo por aqueles que mais necessitam.

– Vamos combater a pobreza, e não a desigualdade. O combate à pobreza se faz com a criação de riqueza, e não com a sua distribuição.

– Vamos exigir liberdade com responsabilidade, e não igualdade. Felizmente somos diferentes e isso é muito bom.

– Vamos demandar oportunidades, e não privilégios. Precisamos de uma sociedade simples, livre, onde todos tenham uma educação básica de qualidade e possam, com base no seu esforço e dedicação, se desenvolver e realizar os seus projetos.

– Vamos entender que o Brasil não precisa de um Estado grande porque é pobre, ele é pobre justamente por ter um Estado grande. Estado este que normalmente concentra renda e beneficia ‘os amigos do rei’, sempre às custas da grande maioria. Vamos lutar por um Estado menos intervencionista, com menos impostos e menos burocracia. Com governos que entendam que nós sabemos – melhor do que ninguém – o que fazer com as nossas vidas e com o nosso dinheiro.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO